14/07/2021 às 09h09min - Atualizada em 14/07/2021 às 09h09min

Um atleta de Barra do Garças e mais 2 de MT conquistaram medalhas para o Brasil no Sul-Americano de Atletismo

A cidade de Barra do Garças foi destaque no Sul-Americano no Peru com Jânio Varjão nos 1.500 metros

Mato-grossense representando o Brasil sobe no lugar mais alto do pódio em Sul-Americano
DOUGLAS SANTOS / RD NEWS via Araguaia Notícia 

Atletas mato-grossenses que foram representantes na Seleção Brasileira de Atletismo conquistaram três medalhas durante a disputa do Campeonato Sul-Americano de Atletismo Sub-20, realizado nos dias 9 e 10 de julho, em Lima, capital do Peru. Um dos medalhistas é Jânio Marcos Varjão que ganhou bronze nos 1.500 metros com a marca de 3:52.45.

Além do atleta de Barra do Garças, mais dois de Mato Grosso se deram bem no Peru: Arielly Kailayne Rodrigues, de Rondonópolis, faturou a medalha de ouro no salto em altura, com a marca de 1,79 m. A cuiabana Lissandra Maysa Campos conquistou a prata no salto em distância, com 7,06 m. 

No geral, o Brasil ficou em primeiro na liderança do Sul-Americano Sub-20 de Atletismo, tanto no masculino quanto no feminino. Ao todo, a seleção brasileira conquistou 40 medalhas, sendo 17 de ouro, 11 de prata e 12 de bronze.

Além dos medalhistas, o Estado foi representado por Francielly da Silva Marcondes na prova de 1500 m e Peterson Santos Ribeiro – ambos de Barra do Garças – para as provas de 3000 m e 5000 m. Dois treinadores também integraram a seleção brasileira, são eles: O rondonopolitano José Elias de Souza e Maria Aparecida Souza de Lima, de Cuiabá.

O técnico Sivirino Souza dos Santos, de Barra do Garças Associação de Atletismo, também foi convocado, porém, por problemas de saúde não pode viajar com a delegação.

O Presidente da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT), Professor Tomires Campos Lopes, foi o Chefe da Delegação Brasileira.

“A Federação de Atletismo de Mato Grosso, agradece ao Projeto Olimpus, promovido pelo Governo do Estado de Mato Grosso, que garantiu a manutenção dos atletas e treinadores na continuidade de seus treinamentos de forma tranquila e segura e que, agora colhe os frutos deste investimento no esporte mato-grossense”, destacou a FAMT.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
18.5%
74.4%