02/04/2014 às 15h37min - Atualizada em 02/04/2014 às 15h37min

Greve da rede municipal de ensino completa 16 dias; Sindicato diz que proposta não atende reivindicações

Eldorado FM
Eldorado FM

Os profissionais da educação da rede municipal de Vila Rica estão em greve por tempo indeterminado desde o dia 18 de março. Somente nesta terça-feira, 01/04, o Prefeito Luciano Alencar (DEM) encaminhou proposta ao sindicato dos servidores que reunidos em Assembléia Geral não foi aceita pela categoria.

"Entre os pontos de pauta estão a reestruturação do Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS), aplicação da Lei Federal 11.738/2008 (art. 2º), que estabelece o Piso Salarial Profissional Nacional para os profissionais do magistério público da Educação Básica e o enquadramento dos profissionais que concluíram o Programa de Formação Inicial para Professores em Exercício na Educação Infantil (PROINFANTIL) e do Profuncionário", aponta a presidente do Sispumvir, professora Marizete Nascimento.

Segundo a professora Marizete, a proposta de reestruturação do PCCS foi enviada ao prefeito Luciano e à secretária municipal de educação Guiomar da Costa Lucas no dia 17 de fevereiro de 2014. Mas, já fazem dois anos que a categoria está reivindicando a reestruturação do PCCS.


No documento enviado ao Sispumvir o Gestor Municipal diz que quanto ao aumento salarial e readequação das servidoras da creche, a Prefeitura não tem condições de reajustar os salários dos servidores da educação além do IPCA devido ao impacto na folha de pagamento.

Segundo o documento, “A Prefeitura Municipal de Vila Rica enviará um Projeto de Lei ao Poder Legislativo reajustando os salários dos servidores em 5,83% Revisão Anual conforme IPCA e deverá tomar providências urgentes a fim de cumprimento da meta de 54% do limite com Despesas de Pessoal para o ano de 2014”.

Em entrevista a Rádio Comunitária Eldorado FM a professora Marizate disse que a propostas que lhes foi enviada não atendeu nenhum dos itens da pauta da categoria e que o Prefeito está pagando a folha da Educação somente com o dinheiro do Fundeb que vem do Governo Federal e não está usando os 30% dos recursos do município. A Presidente afirmou que a categoria não vai retornar às aulas nesta semana caso não receba uma nova proposta.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
5.4%
17.9%
75.4%