25/06/2021 às 17h22min - Atualizada em 25/06/2021 às 17h22min

Página para divulgar produtos culturais de Barra do Garças é lançada pela Secretaria de Cultura

Iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura visa expor os produtos culturais desenvolvidos na cidade

Lucas Iglesias / Assessoria Secretaria de Cultura
ARAGUAIA NOTÍCIA
Foi lançada na sexta-feira (25/6), a página Produtos Culturais BG na rede social Instagram. O objetivo é divulgar o que é produzido no município de Barra do Garças por seus artistas e agentes culturais, de forma que facilite encontros e chegue a mais pessoas, para assim elas terem acesso aos produtos. 

Todos os artistas podem enviar suas peças gratuitamente para ser divulgado na página, com algumas regras a seguir: nome do produto, especificações, artista, valor e número para contato. Ele não precisará pagar nenhuma taxa nas vendas realizadas, basta que fique responsável pela negociação final com cada cliente interessado.

“É uma maneira de aproximar quem trabalha com arte em Barra do Garças, nos seus diferentes segmentos, do público geral. Também é um meio de fazer um pré-cadastro cultural dos artistas para que eles tenham uma maior proximidade entre si e que divulguem para mais pessoas o que eles produzem”, explica Alessandro Matos, Secretário Municipal de Cultura. 

A ideia vem para ser mais um meio de mostrar como Barra do Garças é rica em produtos culturais, e assim, ter um reforço para que as pessoas conheçam diferentes segmentos e possam adquiri-los diretamente com seus responsáveis: “Dessa forma, a Economia também é beneficiada, pois os artistas e agentes culturais negociarão seus produtos e o dinheiro vai circular dentro da cidade”, ressalta Alessandro Matos.

Quem tiver interesse em cadastrar seus produtos na plataforma, a burocracia é mais simples possível, basta enviar a imagem com as informações necessárias para o inbox da página www.instagram.com/produtosculturaisbg ou para o número (66) 99906-2329. Não há cobrança alguma e a missão da plataforma é apenas ser um facilitador entre os consumidores e os criadores das peças culturais.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%