23/06/2021 às 10h15min - Atualizada em 23/06/2021 às 10h15min

Mais de 80 doses da Covid-19 são furtadas de posto de saúde em cidade de MT

Furto de 84 doses da AstraZeneca foi percebido por servidora que conferiu estoque em posto de saúde. Sala onde ficam os imunizantes não tinha câmera ou controle de acesso, segundo a prefeitura.

G1 MT
Araguaia Notícia
Mais de 80 doses de vacina contra Covid-19, da fabricante AstraZeneca, foram furtadas de um posto de saúde na cidade de Lucas do Rio Verde (MT). A situação foi descoberta por servidores no final da tarde desta terça-feira (22). A prefeitura registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil.

O furto de 84 doses ocorreu no Posto de Saúde da Família (PSF) do bairro Rio Verde e seriam utilizados para vacinação por agendamento. As doses não foram recuperadas e nenhum suspeito foi preso ou identificado.

Municípios de MT têm dificuldade para usar toda a dose da vacina; alguns não aproveitam sobras e outros dispensam agendados
MT vai receber o primeiro lote de vacinas da Janssen com 22,8 mil doses nesta semana

Segundo a prefeitura, uma servidora, ao conferir o estoque, percebeu que 17 frascos estavam vazios. Ela entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde. Os frascos estavam dentro da geladeira, mas o líquido havia sido retirado.

De acordo com a secretaria, cada frasco contém aproximadamente cinco doses da vacina. Não havia sinais de arrombamento nas portas ou janelas do local.

Uma equipe da Polícia Civil foi chamada e fez o isolamento do local. A sala do PSF onde ficam os imunizantes não tinha câmera ou controle de acesso.

Em nota, a secretaria municipal disse que todas as doses de imunizantes recebidas semanalmente ficam centralizadas na Vigilância em Saúde, de onde são redistribuídas aos PSFs à medida em que os agendamentos são realizados.

“A unidade básica de saúde em questão foi abastecida com 210 doses, total que seria suficiente para os agendamentos de terça-feira e quarta-feira (23). Desse número, cerca de 90 doses já haviam sido aplicadas”, disse a prefeitura.

Conforme a Procuradoria Municipal, será aberta uma sindicância interna para apurar o caso.

O Ministério Público também já foi informado sobre o caso. O município segue acompanhando a investigação da polícia para prestar esclarecimentos à população.

A Secretaria de Saúde afirmou ainda que a vacinação por agendamento prevista para esta quarta-feira não será prejudicada.

A prefeitura deve solicitar mais doses ao governo do estado para reaver o quantitativo perdido e não causar prejuízos àqueles que receberiam as doses furtadas.

Dos 141 municípios mato-grossenses, Lucas do Rio Verde é o quinto colocado com maior índice de aplicação de vacinas, sendo 78% dos imunizantes já aplicados em primeira e segunda dose.

As demais doses ainda em reserva são destinadas à segunda dose ou aguardam agendamento por pré-cadastro.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%