19/06/2021 às 22h04min - Atualizada em 19/06/2021 às 22h04min

Mauro Mendes anuncia que Mato Grosso fará 50 mil cirurgias eletivas ainda neste ano

Reportagem: G1 MT via Araguaia Notícia 

O governador Mauro Mendes (DEM) anunciou a retomada das cirurgias eletivas, que estavam paradas desde março do ano passado, por causa da pandemia de coronavírus. A meta é realizar 50 mil procedimentos ainda este ano. Os procedimentos devem voltar a ser realizados ainda neste mês.

O anúncio foi feito aos representantes dos municípios que fazem parte do Consórcio Teles Pires e Tabaporã, que participaram de uma reunião em Cuiabá, nesta quarta-feira.

O presidente da Câmara de Vereadores de Sorriso, Leandro Damiani, disse que o retorno das cirurgias eletivas no estado é um anseio dos municípios do médio norte-mato-grossense.

"Ontem o governador apresentou que no dia 23 de junho será lançado o programa de cirurgias eletivas com 50 mil cirurgias para o estado de Mato Grosso. Parte será feita nos hospitais regionais e para outra parte será mandado o dinheiro para o município para que seja realizada através do Consórcio de Saúde", disse Damiani.

Ele destacou que desde o começo do ano, os representantes do consórcio têm buscado uma solução diante do impasse, uma vez que muitas pessoas estão aguardando há anos por uma cirurgia.

Também foi discutida na pauta da reunião com o governador a retomada das obras do Ceprotec, um centro técnico profissionalizante que está sendo construída na zona leste do município de Sorriso.

As obras foram iniciadas em 2008, mas já foram paralisadas inúmeras vezes.

Também foi solicitada ao governador a abertura dos dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid para o Hospital Regional de Sorriso, que se encontra atualmente com todas as vagas lotadas.

O governador disse que, o processo já está em fase de licitação para viabilizar a abertura destes leitos de UTI Covid.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%