18/06/2021 às 16h13min - Atualizada em 18/06/2021 às 16h13min

Estuprador violenta irmãs de 9 e 13 anos em MT e diz por sarcasmo: 'fim terminar o que comecei"

Reportagem: Bárbara de Sá / RD News 

Irmãs, de 9 e 13 anos, foram estupradas no final da tarde de quinta (17), no bairro Cidade Verde, em Cuiabá. Um dos suspeitos do crime foi identificado apenas como Felipinho. Segundo a vítima, mais velha, ele já teria cometido o crime junto com mais dois homens, no ano passado. Na época, eles disseram que matariam a menor caso ela os denunciasse.

Segundo informações da Polícia Militar, uma guarnição foi acionada por volta das 18h para atender o caso de estupro de vulnerável. No local, as vítimas contaram que o agressor voltou na casa dela, junto com um rapaz usando capuz e, sob ameaça de morte, estuprou as meninas.

Durante o ato, ele afirmou que estava na casa para “terminar o que tinha iniciado antes”. Enquanto Felipinho cometia o estupro, o comparsa ficou cuidando da porta da casa. A polícia fez buscas pelo bairro, mas não encontrou os suspeitos.

Estuprada por 9 meses

Em novembro do ano passado, a mãe das vítima denunciou à polícia que a filha mais velha estava sendo estuprada por pelo menos 9 meses por três agressores, entre eles Felipinho. A menina somente conseguiu contar sobre o crime à família após se sentir segura. Segundo ela, estupradores entravam na casa pelo telhado, durante a noite. Com facas, faziam ameaças contra as irmãs.

O último estupro ocorreu um dia antes da denúncia. Vítimas foram acolhidas na delegacia, mas os suspeitos não chegaram a ser presos. O caso segue sendo investigado.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%