17/06/2021 às 16h30min - Atualizada em 17/06/2021 às 16h30min

Defesa Civil vai endurecer mais ainda com empresas que descumprem decreto em Barra do Garças

Os fiscais estiveram reunidos nesta manhã discutindo estratégias de atuação juntamente com o departamento jurídico

Araguaia Notícia
A Defesa Civil de Barra do Garças se reuniu com a Procuradoria Jurídica do município, a Fiscalização de Posturas e a 1ª Companhia Independente de Bombeiros Militar, na manhã de quinta-feira (17/06), para discutir sobre os estabelecimentos comerciais que estão descumprindo as medidas de restrição determinadas pelo Decreto Municipal, que foram estabelecidas com o objetivo de auxiliar no enfretamento da Covid-19 no município.
 
Nesta semana, a fiscalização já interditou um plantão de bebidas do Nova Barra que estava funcionando fora do horário permito no domingo passado e ainda fechou uma chácara utilizada para fazer festas.

Após a reunião desta quinta, ficou decidido que a fiscalização vai aumentar em Barra do Garças com aplicação de multas no CPF e também aplicação de multas no CNPJ dos estabelecimentos comerciais multas que podem chegar a 10 mil pela empresa que for flagrada descumprindo o decreto.

A cidade de Barra do Garças está com alto índice de infestação da Covid e com 274 óbitos. Já são 7771 casos desde que começou a pandemia. E para ser ter uma ideia, nesta quinta, a UTI do Pronto Socorro está com os nove leitos lotados.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%