15/06/2021 às 10h24min - Atualizada em 15/06/2021 às 10h24min

Escola de Barra do Garças participa do concurso nacional Caminho das Águas

Araguaia Notícia
O Centro Municipal de Ensino Básico Ilda Magaiewski é a representante de Barra do Garças no concurso nacional “Caminho das Águas”, projeto inédito envolvendo tecnologia, meio ambiente e educação, com patrocínio da Águas de Barra do Garças em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. A iniciativa promoveu oficinas gratuitas de produção de vídeo de curta metragem, a partir da técnica de stop motion, estimulando estudantes sobre a conscientização e o aprendizado da importância da água para o planeta.

O curta “Preservar Sim”, que tem como coordenadora a professora Flávia Caetano da Silva, junto com os alunos do 3°, 5° e 6° Ano (Pedro Henrique Henrik Lima, Maria Clara Silva, Adauany Gabriela Silva Caetano, Kaio Silva e Kawe Silva), do Centro Municipal de Educação Básica Ilda Magaiewski, é um dos finalistas do projeto. A produção apresenta temas como o cuidado com a água e o meio ambiente.

Para a professora Flávia Caetano da Silva, o projeto é uma importante ferramenta para levar educação ambiental aos estudantes. “Foi uma experiência muito gratificante, não conhecia a técnica de stop motion. Durante todo o tempo que estive envolvida no projeto fiz muitas pesquisas para que pudesse desenvolver o trabalho da melhor maneira possível. Agradeço a empresa pela parceria e apoio dado. Os alunos também gostaram muito, eles adoram novidades e o que aprenderam com o projeto vão levar para toda vida”.

De acordo com o responsável pela área de responsabilidade social da Águas de Barra do Garças, David Garib, o projeto reuniu professores da rede pública de ensino e reforçou a produção de conteúdos didáticos sobre o ciclo da água de forma lúdica e criativa com os alunos. “É uma oportunidade para que os educadores desenvolvam novas formas de trabalhar conteúdos pedagógicos em sala de aula, mobilizando os estudantes a continuarem engajados e interessados pela educação e sustentabilidade de uma forma diferenciada de aprendizagem. Ensinar sobre respeito à natureza é um legado que protege o meio ambiente, principalmente nossos mananciais de água”, explica.

Para a criação do filme de curta duração (um a três minutos), os professores e educadores passaram por oficinas e formações continuadas (on-line) para aprender a fazer vídeos em stop motion gravados por celulares. O objetivo principal era reunir conhecimentos durante os encontros e colocá-los em prática na fase de criação dos vídeos. O projeto também disponibilizou gratuitamente para professores e escolas conteúdo complementar criado de acordo com os Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

O Caminho das Águas é um projeto da Zureta Filmes, com o patrocínio da Aegea Saneamento por meio da Lei de Incentivo à Cultura da Secretaria Especial da Cultura, vinculada ao Ministério do Turismo, do Governo Federal. Na edição deste ano, estão sendo contemplados profissionais da educação em 27 cidades de 11 estados.

VOTAÇÃO

Os vídeos finalistas estão disponíveis para votação popular, até o dia 16 de junho no site https://www.ocaminhodasaguas.com/. Os vídeos podem ser assistidos no canal do YouTube do Caminho das Águas: https://www.youtube.com/channel/UCuoI971k8CAAVeZBHBibdAw. O resultado final será divulgado no dia 18 de junho. O filme mais votado premiará a escola com um projetor, a educadora ou o educador com um tablet de até 8 polegadas e a turma de alunos com livros de literatura infanto-juvenil.

PROJETO NACIONAL

O programa Caminho das Águas retrata, de maneira lúdica, a jornada de aprendizado e conscientização sobre a água e sua importância para a vida sustentável no planeta. O curta-metragem de animação em stop motion acompanha a curiosidade de dois amigos, o Macaco e a Capivara para pesquisarem o Ciclo da água, com uma abordagem educativa sobre o uso responsável da água e a preservação do meio ambiente. O filme estimula o público estudantil a criar ações de preservação dos recursos naturais. Todo o conteúdo em audiovisual é acessível com audiodescrição, legendas em closed caption e libras.

Fonte: Aegea-BG


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%