15/06/2021 às 09h55min - Atualizada em 15/06/2021 às 09h55min

Polícia procura por cliente filmado esfaqueando irmãos que se negaram a passar R$ 0,50 no cartão em distribuidora

Segundo amigos dos feridos, o valor era referente a um papel de seda. Câmeras registraram quando o homem empurra uma porta de vidro e começa a dar golpes de faca, em Goiânia; veja vídeo.

G1 GO
Araguaia Notícia
A Polícia Civil informou que faz buscas pelo homem que foi filmado esfaqueando irmãos que se negaram a passar R$ 0,50 no cartão em uma distribuidora de bebidas em Goiânia, na Região Metropolitana da capital. Câmeras de segurança registraram o momento em que o homem empurra uma porta de vidro e começa a esfaquear os dois (assista acima).

Como o suspeito fugiu e não havia sido detido até a manhã desta segunda-feira (14), o G1 não conseguiu localizar a defesa dele para que se posicione. A reportagem também ligou, às 17h55 e às 18h20, para o 10º DP e para a Central de Flagrantes, para verificar se ele havia sido detido, mas as ligações não foram atendidas.

Em nota, a Polícia Civil informou que já reuniu elementos no local do fato para dar início às investigações. A corporação informou ainda que deu início às investigações nesta segunda-feira (14), ouvindo testemunhas e envolvidos.

Briga

A briga foi na noite de sexta-feira (11), dentro do comércio, que fica no Setor Jardim Guanabara. Nas imagens, é possível ver quando o cliente chega irritado e empurra a porta de vidro do comércio, que cai no chão e se quebra. Nesse momento, ele começa a brigar com um dos funcionários. O irmão da vítima, que estava dentro da distribuidora, também começa a dar chutes contra o cliente.

No dia seguinte ao crime, o dono da distribuidora registrou um boletim de ocorrência na tarde de sábado na 10º Delegacia de Polícia (DP), em Goiânia.

Ainda segundo os amigos, a briga começou porque o funcionário se recusou a vender um papel de seda, que custava R$ 0,50, pelo cartão. Com a recusa, o cliente saiu e, minutos depois, voltou e deu pelo menos sete facadas contra o trabalhador e o irmão dele.

Os irmãos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Segundo colegas deles informaram à TV Anhanguera, um deles teve o pulmão atingido, respira com ajuda de aparelhos, mas tem o estado de saúde considerado estável. Já o outro irmão, teve ferimentos leves e recebeu alta hospitalar.

Como os amigos preferiram não divulgar os nomes dos feridos, o G1 não conseguiu atualizar o estado de saúde do parente que seguia internado na unidade de saúde.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%