14/06/2021 às 17h21min - Atualizada em 14/06/2021 às 17h21min

Secretário diz que MT está perto de um novo colapso da Covid; seria a 4ª onda?

Araguaia Notícia
Reportagem G1 MT via Araguaia Notícia 

O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, disse, nesta segunda-feira (14) que o estado está perto de um novo colapso enfrentando a pandemia da Covid-19.

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados aos pacientes em estado grave com Covid-19 chegou neste domingo (13) a 92,97%, conforme dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Em todo o estado, somente 37 leitos estão disponíveis.

Sobre a baixa adesão à vacina em Mato Grosso, o secretário atribui ao ceticismo dos moradores.

“Muitos estão achando que vão ficar dentro da estatística que vai ser assintomática ou com sintomas leves. É triste ver que a população ainda não entende a gravidade que essa pandemia tem. Estão desvalorizando muitos aspectos da vida”, declarou Gilberto.

A SES-MT notificou, até a tarde deste domingo, 427.979 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 11.417 óbitos em decorrência do coronavírus no estado.

Foram notificadas 407 novas confirmações de casos de coronavírus no estado e 26 mortes nas últimas 24 horas. Dos 427.979 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.872 estão em isolamento domiciliar e 401.968 estão recuperados.

“Mais uma vez nós apelamos para você que não leva isso a sério: não é uma doença fácil. Os profissionais da saúde já estão exaustos e estão no colapso no atendimento. Se nós tivermos o novo estrangulamento de assistência hospitalar em Mato Grosso, muitas pessoas vão sofrer com isso”, lamentou.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 489 internações em UTIs públicas e 344 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 92,97% para UTIs adulto e em 40% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (89.294), Rondonópolis (31.259), Várzea Grande (29.186), Sinop (20.792), Sorriso (14.770), Tangará da Serra (14.712), Lucas do Rio Verde (13.096), Primavera do Leste (10.959), Cáceres (9.222) e Alta Floresta (8.158).



 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%