12/06/2021 às 22h44min - Atualizada em 12/06/2021 às 22h44min

Casa usada para festas é denunciada por aglomeração em Barra do Garças; convidados multados 500,00 no CPF

Era uma festinha, mas a lei é clara, que eventos estão suspensos devido avanço da Covid que já matou 266 pessoas no município

Araguaia Notícia
Uma casa no bairro Jardim dos Ipês, em Barra do Garças-MT, foi novamente denunciada por ser utilizada para festas de confraternização cujos eventos estão proibidos devido a pandemia conforme decreto da prefeitura.

O flagrante aconteceu no feriado de Corpus Christi, dia 3/6. Como se trata uma casa e não de um salão de festas, os proprietários não foram notificados, todavia os convidados e quem organizava a festa foram multados em 500,00 no CPF de cada um presente.

De acordo com os fiscais, é a segunda vez que denunciam a mesma casa realizando festas. Normalmente as pessoas pensam, que pelo fato da casa ficar longe do centro não terá fiscalização. A proibição de festas e aglomerações tem objetivo de conter o avanço da Covid.  

Mais flagrantes na noite de sexta-feira

A fiscalização continua firme para conter os excessos e evitar aglomerações na maior cidade do Vale do Araguaia, Barra do Garças no Mato Grosso.

No serviço de fiscalização da Defesa Civil, Código de Postura, Vigilância da Sanitária da prefeitura com apoio da gloriosa Polícia Militar, que começou na noite de sexta-feira (11/6) e se prolongou pela madrugada de sábado (12/6), foram notificadas 34 pessoas por aglomerações em reuniões e festinhas e cada um levou uma multa de 500,00 no CPF. São 17 mil reais em autuações de pessoas desrespeitando o decreto municipal de aglomerações e até mesmo com relação ao limite do horário com dois bares sendo notificados porque ultrapassaram o horário das 23 horas.

Os bares são de Vila Maira e Santo Antônio que estavam abertos e que aceitaram a orientação e foram fechados escapando da multa de 10 mil reais.

Esse serviço gente é necessário porque a Terceira Onda continua agindo de forma implacável com a cidade. Já foram 266 mortos e 7.580 casos até aqui com a pandemia.

Os hospitais estão no limite com mais de 90% dos leitos ocupados. E que é mais sério constatado pelos médicos, essa nova cepa, ou seja, a variante do vírus está vindo mais agressiva e atingindo pulmões e fígado das vítimas rapidamente.

Tivemos casos de pessoas que descobriram a Covid e morreram no intervalo de uma semana. E continua o pedido de orações em favor daqueles que estão hospitalizados lutando pela vida e para que aumente o número de vacinas.

Está provado que a única maneira de vencer essa ‘guerra’ é com a vacinação.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%