25/05/2021 às 11h51min - Atualizada em 25/05/2021 às 11h51min

Ex-proprietário de farmácia é mais uma vítima da Covid em Barra do Garças

Cortejo de despedida será às 13h40 saindo do Pronto Socorro

Araguaia Notícia
A família Ferreira amanhece de luto nesta terça-feira (25/5) com a morte do comerciante Salvador Ferreira da Silva, de 57 anos, que foi proprietário da Drogaria União na avenida Gabriel Ferreira por mais de cinco anos e que ultimamente trabalhava com frete.

Salvador ficou mais de vinte dias internado e veio a óbito por volta das 5 horas da manhã desta terça-feira. Ele começou a sentir os sintomas de tosse e falta de apetite no início do mês quando então fez a primeira tomografia verificou que 60% dos pulmões já estavam comprometidos. O comerciante foi internado no dia 7 de maio na UPA na semi-intensiva porque já estava com a saturação muito baixa.

Quando passou para o Pronto Socorro já tinha dificuldade para respirar e precisou ser entubado. Salvador conseguiu sair do tubo e demonstrou uma ligeira recuperação conversando e se alimentando sozinho, porém foi combalido por uma pneumonia que infelizmente lhe tirou a vida em decorrência da covid.

Devido ao vírus, não haverá velório e será feito um cortejo de despedida onde familiares e amigos vão prestar homenagens ao comerciante saindo do Pronto Socorro às 13h40 em direção ao cemitério do centro de Barra do Garças. Salvador era natural da cidade de Baliza-o, mas foi criado praticamente em Barra do Garças, como toda a sua família bastante numerosa com 11 irmãos, filhos da dona Judite Ferreira da Silva e de Manoel Ferreira conhecido como Neco.

Os irmãos do Salvador a quem deixamos nossos sentimentos: o ex-secretário de Agricultura de Barra do Garças, Jeová Ferreira; o ex-jogador de futebol, Jeovan (Ivan), que hoje é produtor rural no Paredão Grande. in memorian de Jeovi Ferreira da Silva, que trabalhou no açougue do Jota; Nilde, que atuou na secretaria da escola Heronides Araújo; Milde que mora no Mangueiras; Francisco ( Chiquinho) também trabalhou muitos anos em farmácia; Maria Ferreira, professora muitos anos no Cristino Cortes; Ana Maria atuou muitos anos clinica radiológica,  mora hoje em Água Boa e In memorian, Carmelita que era funcionária do socioeducativo de Mato Grosso e Carmen Ferreira que trabalha no postinho do centro desde 2007.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%