03/05/2021 às 19h34min - Atualizada em 03/05/2021 às 19h34min

PM encontra corpo de casal carbonizado em caminhonete em MT

Valdir e Tatiane Henning estavam sumidos desde o dia 28 de abril

FOLHA MAX
Araguaia Notícia
A Polícia Militar de Porto dos Gaúchos (474 quilômetros de Cuiabá) localizou na manhã desta segunda-feira (3), o casal Valdir Henning, 45 anos, e Tatiane Medeiros Hennig, 46 anos, que estavam desaparecidos desde o dia 28 de abril. Os corpos do casal foram encontrados carbonizados dentro de uma caminhonete. 

As vítimas foram vistas pela última vez quando saíram da fazenda de propriedade deles para ir ao município de Itanhangá. 

Segundo informações do site Terra MT Digital, as buscas estavam sendo realizadas em uma extensa área de mata na zona rural de Porto dos Gaúchos, na ‘região do 47’, onde o casal tem uma propriedade. As buscas contaram com o auxílio de cães farejadores do Corpo de Bombeiros de Tangará da Serra e da equipe de Juína.

A Polícia Civil e Corpo de Bombeiros foram acionados para irem ao local onde os corpos foram encontrados. Com a localização dos corpos, a Polícia Civil espera avançar nas investigações.

SUMIÇO

Um irmão de Valdir procurou a delegacia de Porto dos Gaúchos na última quinta-feira (29 de abril) relatando que o casal saiu da propriedade no dia 27 de abril para ir ao município de Itanhangá combinando de retornar no dia seguinte. Diante da ausência dos dois, o irmão da vítima foi em busca do casal e no município de Itanhangá foi informado por familiares que ambos já tinham retornado a Porto dos Gaúchos na data combinada. O irmão de Valdir tentou contato no celular das vítimas e não conseguiu. Em seguida procurou a unidade da Polícia Militar.

Na estrada do trajeto até a propriedade da vítima foi encontrada uma árvore tombada para dificultar a passagem de veículos. Na sexta-feira, os policiais foram até o local e encontraram munições e cápsulas, um pedaço de relógio, uma máscara de tecido e vestígios de sangue.

A Polícia Civil solicitou apoio do Corpo de Bombeiros de Juína para ajudar nas buscas, pois a região é de mata densa e bastante extensa.

O delegado Joao Antônio Ribeiro Torres explicou que além das buscas, outras diligências estão em andamento para apurar as circunstâncias do desaparecimento do casal. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

72.2%
26.2%
1.7%