28/04/2021 às 11h58min - Atualizada em 28/04/2021 às 11h58min

Mesmo tomando a 1ª dose da vacina, comerciante morre em Barra do Garças devido a Covid

Ele tomaria a segunda dose na semana que vem, mas mesmo assim foi infectado pelo vírus

Araguaia Notícia
Um dos comerciantes mais antigos de Barra do Garças-MT em atividade, faleceu na manhã de quarta-feira (28/4), após ser encontrado passando mal, Orlando Dias Dantas, de 69 anos, proprietário do Bar Eskinão, na esquina do Clube Peixinho no centro da cidade.

A família informou que vizinhos perceberam que o comerciante estava demorando abrir o bar e resolveram verificar o que aconteceu e encontraram Orlando ainda respirando bem fraquinho e chamaram o socorro. Quando os bombeiros chegaram já perceberam que o comerciante estava sem vida.

Ele já tinha tomado a primeira dose contra Covid, mas mesmo assim começou a sentir alguns sintomas como falta de apetite e tosse. Para tirar a dúvida se estava ou não com covid, o comerciante fez um exame e ontem por telefone ele falou com o irmão, o empresário Josué, do Escritório Lopes Contabilidade, se queixando dos sintomas mencionados.

E infelizmente, na manhã de quarta-feira, ele não conseguiu levantar e faleceu. A família pegou o resultado do exame que deu positivo para Covid, porém não deu tempo de contar para o comerciante. Ele tomaria a segunda dose da vacina na semana que vem.  

Orlando é natural de Torixoréu-MT, de uma família numerosa de 10 irmãos, e já tinha perdido uma irmã para o vírus. A senhora Marilene Dias Dantas, que faleceu no dia 11/4 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra do Garças, também vítima da Covid.

Ele trabalhou por mais de 15 anos no Banco Bemat onde encerrou atividade como caixa. E para não ficar parado, passou a ‘tocar’ um bar que ficou muito conhecido em Barra do Garças por reunir não só anônimos, mas também empresários, políticos e desportistas. Sua forma de atender cativava as pessoas.

Como faleceu de Covid não haverá velório somente um cortejo de despedida com a participação de amigos e parentes às 13 horas saindo da funerária na rua 1º maio com destino ao cemitério do Barra às 13 horas. 



 
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

72.2%
26.1%
1.7%