24/04/2021 às 17h50min - Atualizada em 24/04/2021 às 17h50min

Rapaz morto em MT perdeu irmão assassinado em 2018

Yuri Ramires / Gazeta Digital
ARAGUAIA NOTÍCIA
Irmão de Robson Henrique Luz, 32, assassinado no final da tarde de quarta-feira (21), em Jaciara (144 km ao Sul de Cuiabá), também morreu vítima de um assassinato na cidade. Flávio Henrique Luz, 34 anos, foi atingido por 4 tiros e morreu na frente da esposa e de uma das suas filhas, que tinha 3 anos em 2018.

O crime contra Flávio foi registrado no dia 4 de setembro de 2018, por volta das 20h. Casal estava em uma motocicleta junto com a filha quando dois homens em uma moto se aproximaram e passaram a atirar contra eles.

Os tiros quase atingiram a mulher e a menina, mas Flávio pulou da moto, correu, mas acabou sendo baleado 4 vezes, sendo uma na cabeça, na nuca, na mão e na nádega. A dupla não chegou a ser presa pelo crime, que não foi esclarecido.

Diferente de Robson, a polícia não informou se Flávio tinha passagens criminais. Ele deixou ainda outra filha que tinha 12 anos na época do crime.

Morte do irmão mais novo

Agora, os investigadores começam o inquérito da morte de Robson, que foi morto na porta da sua casa. Conforme já relatado pela reportagem, ele tinha passagens criminais por tráfico de drogas, roubo, formação de quadrilha e latrocínio.

Inclusive, chegou a ser alvo de uma operação da Polícia Civil em 2009, quando foi desarticulada uma quadrilha especializada em roubo de caminhonetes levadas para serem trocadas por drogas na Bolívia.

Robinho, como ele era conhecido, tinha 19 anos e chegou a ficar foragido antes de ser preso. Suspeito de matar Robinho, rapaz de 25 anos, já foi identificado e está sob custódia policial em um hospital.

Ele usa tornozeleira eletrônica e deu entrada na unidade de saúde com um tiro que varou sua mão. Contou que foi alvo de um atentado, mas a PM, ao checar a história, descobriu que ele esteve no local da morte da vítima minutos após o crime.
Notícias Relacionadas »
Comentários »