21/04/2021 às 20h57min - Atualizada em 21/04/2021 às 20h57min

Subtenente morre 1 dia após promoção em MT; fotógrafo também é vítima

Gilberto Lincoln Peixoto Meira não chegou a receber a notícia de elevação de patente na Polícia Militar

Araguaia Notícia e Folhamax
O subtenente Gilberto Lincoln Peixoto Meira, 45 anos, morreu na manhã desta quarta- feira(21), em Cuiabá. O policial não resistiu as complicações causadas pela Covid-19 e faleceu no Hospital Santa Casa de Misericórdia.

Subtenente  Gilberto Lincoln Peixoto Meira foi diagnosticado no dia 9 de abril com Covid-19. O militar era diabético, estava com cerca de 80 % do pulmão comprometido pela infecção causada pelo vírus e precisou ser intubado na segunda-feira (19) na Santa Casa. Na madrugada desta quarta-feira (21), o quadro de saúde do subtenente agravou e ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.  

Há 19 anos na PM, o policial militar foi um dos 516  militares promovidos na noite de terça-feira(20). Familiares relataram que o policial  aguardava ansioso pela  promoção ao posto  de subtenente, mas devido ao seu estado de saúde, não pode ser informado do reconhecimento.

Subtenente Gilberto Meira estava trabalhando na Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Praças. O militar, dentre outras unidades, chegou a atuar no 3º Batalhão.

O policial deixa esposa e um filho.  O subtenente será sepultado às 14h30 no Cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá.

FOTÓGRAFO

Outra vítima do novo coronavírus em Mato Grosso é o fotógrafo Rildo Amorim, 51. Ele atuava no registro de eventos e era bastante requisitado na Capital do Estado.

Rildo estava internado desde o último dia 17 e não resistiu às complicações da Covid-19. Ontem, acabou não resistindo e faleceu.

A morte do fotógrafo repercutiu nas redes sociais entre amigos e familiares. O diretório do PT (Partido dos Trabalhadores) também manifestou pesar pelo óbito do filiado.

“Neste momento de dor e tristeza, a direção do PT-MT na pessoa do presidente em exercício, Henrique Lopes, manifesta sua solidariedade à família do companheiro Rildo Amorim, a sua esposa, filhos, amigos, amigas, companheiros e companheiras de luta”, diz trecho da nota.



 
Notícias Relacionadas »
Comentários »