17/04/2021 às 17h28min - Atualizada em 17/04/2021 às 17h28min

OAB-MT emite nota de repúdio e explica que tenente-coronel do Araguaia não foi exonerado e que recorreu de decisão

Diferente do que teria sido divulgado de uma decisão de exoneração, coronel Rodrigues está na fase de recurso

Olhar Alerta e Araguaia Notícia
Foi noticiado em alguns portais regionais do Norte Araguaia,  que o Tenente-Coronel Rodrigues foi exonerado do cargo militar após condenação por crime de tortura, e em represália, a Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso (OAB-MT) enviou uma nota de repúdio, afirmando que as notícias veiculadas tratam-se de fake news. 

Conforme apurou o site Olhar Alerta, de fato há um processo que tramita na justiça com relação à acusações feitas contra o servidor, contudo, ainda não foi finalizado.

Leia abaixo a nota na íntegra:

"A 27 °Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil do estado de Mato Grosso vem a público repudiar veementemente a matéria veiculada no dia 16 de abril de 2021, em que é afirmado que Coronel da PM perde cargo por crime de tortura no Araguaia, de forma leviana e sem qualquer embasamento legal, afirmam que o comandante tentou recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas a ação foi negada, bem como, destaca que “após a condenação em última instância, o PM terá que deixar de vez o seu cargo”. 

Sem adentrar ao mérito da ação a qual o Tenente Coronel responde, uma vez que esta Subseção não representa os direitos e interesses do PM, a 27° subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, estado de Mato Grosso destaca que se consolidou como advogada da sociedade na luta incansável pela defesa da justiça e em especial numa época de grande intranquilidade social é dever REPUDIAR Fake News veiculadas de forma irresponsável que traz descrédito não somente à autoridade mencionada mas a toda uma corporação que vem de forma ativa e comprometida cumprindo com o dever de prevenção social. 

A Subseção entrou em contato com o Tenente-Coronel obtendo a informação de que o processo esta em tramite, em fase de recurso o que demonstra a falta da verdade real dos fatos veiculados pelos sites. 

É, ao mesmo tempo, triste e estarrecedor que profissionais usem de suas atribuições para a prática de condutas inadequadas, tal qual acusações sérias, danosas que maculam a atuação contundente, ordeira e legalista que são a marca do tenente-coronel, comandante do comando Regional X da polícia militar do estado de Mato Grosso. 

A 27ª Subseção da OAB-MT preza e defende a liberdade de imprensa e expressão, respeitando as opiniões individuais, mas não compactua com a pratica de disseminação de Fake New, fatos e condutas que podem macular o excelente serviço prestado pelo comandante do CRX da Polícia Militar do estado de Mato Grosso.
Fica aqui registrado os votos de elevada estima e consideração pela pessoa do tenente-coronel Rodrigues e pelo serviço por ele prestado enquanto comandante do CRX da Polícia Militar do estado de Mato Grosso.
Atenciosamente,

Dr. SERGIO ROBERTO JUNQUEIRA ZOCOLLI FILHO
Presidente da 27ª Subseção da OAB – Seccional Mato Grosso"
Notícias Relacionadas »
Comentários »