16/04/2021 às 20h29min - Atualizada em 16/04/2021 às 20h29min

Mauro Mendes amplia em 2 horas o funcionamento do comércio em MT

Os números de internações começam a cair no estado possibilitando uma flexibilização

ARAGUAIA NOTÍCIA
Governo aumentou em duas horas o horário de funcionamento do toque de recolher, restaurantes e estabelecimentos comerciais de Mato Grosso. A mudança faz parte de uma atualização das medidas restritivas contra o avanço da Covid-19 (a doença causada pelo coronavírus). As novas regras foram assinadas pelo governador Mauro Mendes e pelo secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho,  nesta sexta-feira (16), e passam a valer imediatamente.

Era permitido aos estabelecimentos comerciais funcionar das 5h  às 20h. Com a mudança do Governo, o horário passa a ser das 5h às 22h, de segunda a sábado.

Nos domingos, fica mantido o horário de 5h às 12h, com exceção dos restaurantes, inclusive os de shopping centers, que poderão funcionar até 15h.

Outra alteração é em relação ao funcionamento de restaurantes e similares nas modalidades take-away (pegue e leve) e drive-thru, que poderá funcionar até 22h45. A regra anterior permitia até 20h45. Os serviços de delivery continuam autorizados a funcionar até 23h59.

Já o toque de recolher passa a valer a partir das 23h, e não mais após às 21h. Também passa a ser permitido o consumo de bebidas alcoólicas nos locais de venda, desde que restrito aos clientes sentados à mesa e respeitados os limites de capacidade e horário.

Todas essas medidas terão que ser aplicadas em todo o estado, mesmo se a classificação de risco do município indicar normas mais brandas. As restrições terão validade enquanto a taxa estadual de ocupação de UTIs for superior a 85%.

Já as demais restrições serão recomendadas aos municípios com base na tabela de classificação de risco, em sintonia com as normas gerais.

As forças de Segurança irão atuar de forma a impedir qualquer tipo de aglomeração em todas as regiões.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

72.2%
26.1%
1.7%