05/10/2011 às 15h40min - Atualizada em 05/10/2011 às 15h40min

Promotor critica anonimato e MPE está aberto a denúncias

Olhar Direto
Notícia dos Municipios promotor Marcos Brant

O promotor Marcos Brant Gambier Costa criticou a conduta de alguns cidadãos em Barra do Garças, que segundo ele, estão se escondendo atrás do anonimato e pseudônimo para atacar até mesmo o trabalho da instituição e afirmou que o Ministério Público Estadual (MPE) na cidade está aberto para denúncias.

O desabafo do promotor aconteceu de forma diferente. Ele postou um comentário no site do Olhar Direto na reportagem "Promotor flagra caminhões da prefeitura utilizados em área privada", referente ao flagrante que o MPE deu constatando máquinas da Prefeitura de Torixoréu em uma fazenda.

A assessoria do promotor confirmou que foi ele quem postou a mensagem inclusive colocando o seu RG ao final. No seu comentário, o promotor afirma que da mesma forma que o MPE agiu em Torixoréu, por denúncia de um vereador, agirá também em Barra do Garças, General Carneiro ou em qualquer outra localidade. Todavia Brant critica o anonimato dos denunciantes.

O promotor explica que os denunciantes podem procurar a instituição que estes terão as prerrogativas do anonimato asseguradas conforme a lei na preservação da integridade física e moral do cidadão. Num certo momento, Brant coloca o nome do senador Pedro Taques dizendo que não precisa citar o nome dele para agir e muito menos os denunciantes precisam deste expediente.

O promotor cita os horários de funcionamento da Promotoria e pede o comparecimento dos denunciantes na instituição. E parabeniza atitude do vereador de Torixoréu Vanney Neves (PC do B) que denunciou o escândalo das máquinas em Torixoréu. Marcos Brant finaliza o seu comentário dizendo que ele não pode usar da prerrogativa do anonimato mesmo porque é o seu serviço.

Marcos Brant protagonizou diversos embates em Barra do Garças notificando à prefeitura de Barra do Garças em ações que foram polêmicas como a proibição da venda do leite in natura, regularização da feira livre, o uso político da propaganda institucional da prefeitura e recentemente ajuizou duas ações contra o município sobre acessibilidade das calçadas pedindo retirada das mesas e cadeiras e funcionamento do aterro sanitário (lixo).

Ele alcançou êxito nas ações da Saúde, conseguindo formalizar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). A assessoria de Marcos Brant informou que o promotor preferiu não dar entrevista sobre o comentário que fez no Olhar Direto, todavia confirmou sua autenticidade e reafirmou que o órgão está aberto à comunidade.


Veja na integra o comentário de Marcos Brant


Caros denunciantes anônimos. Assim como o MP agiu em Torixoréu, por denuncia de um Vereador, agiremos em Barra do Garças, General Carneiro ou em qualquer outra localidade. Ocorre que, os senhores, como denunciantes anônimos (ou escondidos em pseudônimos), pouco ajudam o MP. Ao revés de ofensas deveriam se deslocar ao meu gabinete, ou de qualquer outro membro do MP e fazer a denúncia, como fez o vereador de Torixoréu no caso dos maquinários apreendidos. Garanto aos denunciantes anônimos que se feita a denuncia hoje, hoje mesmo agiremos. Eu não preciso de Pedro Taques para agir em meu nome: será que vocês denunciantes anônimos precisam de um Pedro Taques para fazer denuncias ao MP? Ocorre que, quem se porta anonimamente, como Vossa Senhorias, muito mais pretendem fazer barulho do que ajudar, mais interessados em ofender do que resolver! Essa a verdade. Façamos o seguinte, meu expediente na Promotoria de Justiça é das 08h às 11h30min e das 13h30min às 19h00, fico esperando vocês, denunciantes anônimos, corajosos que são, em meu gabinete. Terei o maior prazer em recebê-los. A propósito, caso alguns dos senhores denunciantes anônimos estejam com medo, podem assim mesmo me procurar, vou preservar sua identidade. Já a minha identidade não tenho como preservar! Porque como Promotor de Justiça sou pago para aparecer e agir em nome do cidadão, inclusive de vocês anônimos. O anonimato é relevante quando se presta a preservar a vida e integridade física da pessoa, mas quando este não é o motivo, o anônimo se veste de covarde, ou então, está a agir por interesses escusos. Estou aguardando vocês em meu gabinete. Tenham coragem de denunciar. Façam alguma coisa de útil e produtiva em favor da população, cumpram com seu dever, denunciem!

Att. Marcos Brant Gambier Costa. RG nº 1984528-SSP/GO.
Promotor de Justiça 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.2%
4.5%
17.2%
77.0%