12/04/2021 às 12h33min - Atualizada em 12/04/2021 às 12h33min

Professor do Estado é mais uma vítima do coronavírus no Araguaia

Vanessa Lima / Repórter do Araguaia
ARAGUAIA NOTÍCIA
A comoção é geral em São Félix do Araguaia – MT, com o falecimento do professor de Educação Física do Estado, Leonor Alves Dos Santos, de 47 anos, na noite de domingo (11/04). Ele estava internado há duas semanas no Hospital Metropolitano de Várzea Grande e não resistiu a Covid-19. Leonardo era casado e deixa uma filha. 

Nas redes sociais, são incontáveis as mensagens de elogios, agradecimentos, carinho, amizade, de adeus, de uma despedida que por mais suaves que sejam as palavras empregadas elas não escondem a tristeza de familiares, amigos, colegas de trabalho, estudantes, escolas. Leonor atuou em todas as escolas estaduais do munícipio, mas atualmente estava lecionando nas Escolas Tancredo Neves e Ilda Rocha. Leonor era natural de Araguacema–TO.

Era um cara amigo, atencioso, educadíssimo, sempre amável, alegre e uma das figuras mais carismáticas da cidade. Siga em paz amigo, a saudade já está enorme. Um cidadão de grande caráter que deixou um legado importante para a educação municipal e tinha pela frente um grande trabalho a realizar no município. Neste momento de perda e dor, aos profissionais da Educação manifesta aqui seu respeito e deseja força e que as boas lembranças sirvam para reconfortar familiares, amigos e comunidade escolar.

A pior dor que alguém pode viver é ver algum ente amado partir. A impotência diante da morte é o que nos faz lembrar que somos humanos, e nos darmos conta de como a vida é frágil. A vida tem vários mistérios, e o maior deles é a morte. Nunca poderemos entender o porquê de um ente querido ter que partir. A dor que sentimos é imensurável. Nestas horas não há nenhuma palavra que possa ser dita que seja capaz de confortar os nossos corações. Tudo parece perder o sentido e ficar pequeno diante de tamanho sofrimento.

Apesar do sofrimento é preciso lidar com a morte com força e coragem. É preciso pensar que, embora essa pessoa querida não esteja mais entre nós, o amor nunca vai embora. O amor e as boas memórias sempre ficam depois da morte. A saudade eterniza a presença de quem se foi. Com o tempo esta dor se aquieta, se transforma em silêncio que espera, pelos braços da vida um dia reencontrar. Fica aqui nosso pesar, nossa tristeza, e prece para que faça uma passagem tranquila e de luz. Que o bom Deus tenha piedade de todos e leve aos céus nos caminhos de luz nossos irmãos amigos e parentes vítimas dessa tragédia. Leonor deixa esposa e filhos.

Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida.
Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá;
e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente.
João 11:25-26


Notícias Relacionadas »
Comentários »