12/04/2021 às 09h21min - Atualizada em 12/04/2021 às 09h21min

Bebidas voltam a ser consumidas em bares e lanchonetes em Barra do Garças desde sábado

Araguaia Notícia
Bares e lanchonetes voltaram a permitir consumo no local mas seguindo horário do decreto
Terminou por volta da meia-noite de sexta-feira (9/4), a proibição de 15 dias em Mato Grosso para o consumo de bebida alcoólica no local de venda; no sábado (10/4) já foi possível ver alguns bares e lanchonetes em Barra do Garças-MT que voltaram a fornecer bebida no local, claro, dentro do horário permitido, ou seja, até às 14 horas no final de semana.

Como o governo não prorrogou a proibição, a tendencia, é que os bares e lanchonetes possam permitir o consumo no local durante a semana até às 20 horas.

O prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves, está reunido na manhã de segunda-feira para avaliar se mantém essa permissão do consumo de bebida no local. A expectativa é que essa flexibilização seja mantida mesmo porque os números da pandemia começam a cair em Mato Grosso e em Barra do Garças.

Os números ainda não são os ideais, mas as UTIs continuam cheias, porém de quinta-feira para cá, o número de mais infectados e de casos ativos retroagiu. A cidade de Barra do Garças, no momento, permanece no Risco Alto e saiu da bandeira vermelha.

A situação será melhor avaliada com o boletim desta segunda-feira (12/4) com os números do fim de semana. Mas mesmo assim, a comunidade tem que se manter vigilante, ou seja, usando máscara, fazer o distanciamento social, evitando o contato físico para que os números possam continuar caindo.

A administração entende que a vacinação também auxiliou na diminuição da pandemia. Barra já está vacinando idosos de 65 anos e nesta semana deve avançar até os 60 anos pelo menos essa é a previsão. No sábado, começou a imunização de integrantes das Forças de Segurança Pública com 143 vacinas da primeira etapa. Foram vacinados policiais, da linha de frente que realmente tem contato nas ruas, já os policiais que desempenham funções administrativas vão aguardar mais pra frente, seguindo orientação do Ministério Público.

Outro aspecto louvável é arrecadação de alimentos. As pessoas que estão sendo vacinadas, são convidadas, a colaborarem com 1 quilo de alimento para as famílias afetas com a pandemia.
Notícias Relacionadas »
Comentários »