09/04/2021 às 15h13min - Atualizada em 09/04/2021 às 15h13min

Crime ambiental no Córrego da Ponte Queimada é denunciado

Veneno pra ratos, inseticidas e remédiso a margem do córrego após carga que caíui de caminhão dia 27/3

Francis Amorim / Rede da Notícia
ARAGUAIA NOTÍCIA
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil solicitando providências para a apuração de um possível crime ambiental no córrego da Ponte Queimada, na BR-070, em Barra do Garças.

Técnicos do órgão estiveram no local e constataram que parte da carga que caiu no córrego, no acidente ocorrido no dia 27 de março com uma carreta bitrem, provocou danos ambientais ao afluente do rio Garças.

Na inspeção, os técnicos da Secretaria de Meio Ambiente encontraram às margens e no leito do córrego, veneno para ratos, baratas e cupins; óleo diesel, medicamentos diversos e alvejantes de automóveis, produtos que podem ter colaborado para os danos ao meio ambiente.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Clerismar Ferreira, o boletim foi registrado na Polícia Civil para que os responsáveis pelo acidente sejam responsabilizados com a aplicação de multas aos danos causados.

O secretário informou ainda que a Politec, Ministério Público e Ibama serão notificados e multas serão aplicadas ao proprietário da carga.

O crime ambiental foi denunciado em uma reportagem do telejornal Fato no Ato, do SBT, canal 4, sob a coordenação do jornalista Octávio Wilquer.
Notícias Relacionadas »
Comentários »