07/04/2021 às 08h32min - Atualizada em 07/04/2021 às 08h32min

Ex-prefeito Roberto Farias é disputado por DEM e PSB para ser candidato a deputado federal

Semana 7
ARAGUAIA NOTÍCIA
O ex-prefeito Roberto Farias (MDB), está sendo cortejado por partidos e lideranças partidárias para uma eventual pré-candidatura a deputado federal nas eleições do ano que vem. Beto está no radar do DEM e do PSB.

Três meses depois de deixar a Prefeitura com uma avaliação positiva, em torno de 80% de aceitação, o ex-prefeito é visto como um forte nome para a Câmara Federal pelo trabalho realizado nos 8 anos à frente da Prefeitura de Barra do Garças, onde trabalhou para gerar emprego e renda com a vinda de grandes empresas com Havan, Atacadão, Toyota, várias franquias como Giraffas e Bobs, além da Lojas Pernambucanas, Casas Bahia e Maganize Luiza, entre outras.

O governador Mauro Mendes e o ex-governador e senador Júlio Campos desejam Beto Farias no DEM para reforçar seus quadros e já ofereceram um espaço para sua possível postulação. Por outro lado, o PSB do presidente da Assembleia Legislativa, o bem articulado deputado Max Russi, também quer o passe do emedebista, tudo isso ainda precisa o aval de Carlos Bezerra que ainda detém o passe de Beto Farias.

O ex-prefeito ainda não se manifestou sobre os convites, pois, desde que deixou a Prefeitura, tem se ocupado com negócios particulares. Contudo, não esconde o desejo de trilhar o caminho do pai Wilmar Peres de Farias, eleito vice-governador e governador de Mato Grosso, e posteriormente deputado federal, em 1990.

Ao longo dos oito anos de sua gestão, além das grandes empresas que citamos Beto deixou prontas inúmeras obras estruturais que modificaram o aspecto visual da cidade, e outros projetos em andamento, como a avenida Beira Rio e a piscina de ondas. O ex-prefeito deve ainda analisar o cenário político pós-pandemia. Aguardar os próximos capítulos.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.5%
23.9%
1.6%