03/04/2021 às 19h54min - Atualizada em 03/04/2021 às 19h54min

Polícia investiga se jovem foi assassinada pelo marido ou traficantes no Araguaia

Yuri Ramires / Gazeta Digital
ARAGUAIA NOTÍCIA
Polícia Civil de Ribeirão Cascalheira (900 km ao Leste de Cuiabá) investiga se Naiara Rodrigues Azevedo, 23, foi vítima de feminicídio ou morta pelo envolvimento com o tráfico de drogas. O companheiro dela está desaparecido, mas na casa, investigadores encontraram indícios de participação no tráfico, bem como vestígios de droga.
 
A afirmativa é do delegado Sérgio Luis Henrique de Almeida, que em entrevista ao Gazeta Digital, comentou os indícios que levam a crer nesses dois tipos de crime. A primeira é de que companheiro de Naiara está desaparecido desde o dia 26, conforme a mãe dele.
 
A nora também foi dada como desaparecida, mas 3 dias depois - na segunda-feira (29), foi encontrada morta. O corpo da jovem estava caído dentro da casa da sogra no Assentamento Maria Tereza. Policiais encontraram várias marcas de sangue pelo local e a vítima já estava em estado de putrefação. Também foram encontradas duas armas semelhantes à carabina de pressão.
 
“Como o companheiro está desaparecido, há a hipótese de um crime de feminicídio. Mas, durante o trabalho na casa, os investigadores encontraram vários indícios que apontam que o casal estava atuando no tráfico de drogas”, disse o delegado.
 
Entre os objetos estavam uma balança de precisão e vestígios de droga, que pode ser cocaína. O produto foi apreendido e encaminhado para a perícia. “Por isso, não vamos descartar que tenha sido uma ação motivada por alguma facção atuante na cidade, como forma de reprimir a ação deles. Eles podem ter matado a jovem e levado o companheiro dela para outro local”.
 
Por conta dessa suspeita, a equipe do delegado Sérgio realizou varreduras pelo assentamento e nas proximidades da região. Mas, até o momento, não há informações sobre o paradeiro do homem. Eles moravam em Querência e tinham toda a vida social por lá.


Notícias Relacionadas »
Comentários »