30/03/2021 às 20h28min - Atualizada em 30/03/2021 às 20h28min

Narcotraficante paraguaio é preso em MT acompanhado de miss

Jorge Teófilo Samudio González já foi extraditado para o Paraguai

FOLHA MAX
Araguaia Notícia
A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira (29) o narcotraficante Jorge Teófilo Samudio González, de 49 anos, em Sinop (500 km de Cuiabá). A prisão foi realizada em conjunto com o Serviço de Inteligência da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (SENAD).

Jorge, que estava na companhia de uma miss, foi extraditado para o Paraguai nesta terça-feira (30). De acordo com informações, Jorge estava foragido há 18 meses.


Ele era líder de organização criminosa paraguaia que tinha fortes conexões com uma facção brasileira que atua no Rio de Janeiro e responsável pelo envio de grandes carregamentos de cocaína para o Brasil. Também era o administrador de um relevante esquema de lavagem de dinheiro em solo paraguaio.

Além de atuar no envio de cocaína, o criminoso fornecia armas de grosso calibre à organização criminosa carioca, utilizando-se de propriedades rurais em solo paraguaio como estrutura logística para aterrissagem e decolagem de pequenas aeronaves carregadas com cocaína e armas. O traficante já havia sido preso em 2018 por autoridades do Paraguai.

Thank you for watching

Entretanto, em 11 de setembro de 2019 foi resgatado de um presídio naquele país em ação extremamente violenta, com a utilização de armas de fogo de grosso calibre, que levou um oficial da polícia paraguaia a óbito. O mandado de prisão preventiva para fins de extradição foi expedido pelo STF e cumprido pela PF em Mato Grosso.

No momento da prisão, o paraguaio portava arma de fogo e utilizava documento falso, razão pela qual também foi preso em flagrante por conta dos crimes citados.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%