24/02/2014 às 18h39min - Atualizada em 24/02/2014 às 18h39min

Aeroporto de Barra receberá caminhão de combate a incêndios

Olhar Direto
Olhar Direto

O aeroporto de Barra do Garças (500 km de Cuiabá) será um dos oito de Mato Grosso que vão receber caminhão de combate a incêndio do Governo Federal. O veículo é equipado para esse serviço e é uma das exigências da Anac para liberar o funcionamento do aeroporto barra-garcense que está sendo reformado.

O aeroporto de Barra busca reativar vôo comercial com conexões para Goiânia e Cuiabá. A liberação do veículo para Barra foi confirmada durante audiência, quarta-feira (19), na Secretaria de Aviação Civil com a participação do prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias (PSD), e do deputado Valtenir Pereira (PROS).

O ministro Welington Moreira Franco, que via ofício, informou ao Governo do Estado solicitando manifestação sobre o interesse em celebrar, no âmbito do PAC, o Termo de Compromisso para aquisição de Carros contra incêndio para Barra do Garças, Cáceres, Juara, Juína e Tangará da Serra, sendo oportuno acrescentar que não haverá contrapartida do Estado.

“Barra do Garças está sendo contemplada com esse caminhão porque está com toda documentação em dias e a já está sendo licitada a cerca de contenção para terminar a reforma do aeroporto”, frisou Roberto.

O assessor especial para Assuntos Administrativos Gustavo Canuto recebeu informações sobre a importância do funcionamento do aeroporto de Barra. “Nosso aeroporto atua como rota alternativa no caso de problemas nos aeroportos de Várzea Grande, Rondonópolis e Campo Grande”, explicou o prefeito que fez questão de agradecer o empenho do deputado federal Valtenir Pereira nesse pleito.

O parlamentar do PROS já conseguiu uma emenda de R$ 300 mil para comprar novo tomógrafo para Barra e está tentando emplacar uma emenda de banca com apoio de Júlio Campos, Welinton Fagundes e Blairo Maggi para adquirir um aparelho de ressonância de 1,5 milhões também para Barra. “Nós estamos aqui em Brasília para servir e o PROS que ajudar a cidade de Barra também”, completou Valtenir.  


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%