26/03/2021 às 16h11min - Atualizada em 26/03/2021 às 16h11min

Barra do Garças terá quarentena para idosos, lei seca parcial e escalonamento do comércio LEIA O DECRETO

Acompanhe os detalhes do novo decreto assinado e publicado nesta sexta-feira pela prefeito Adilson Gonçalves

Araguaia Notícia
O prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves, assinou na sexta-feira (26/3) o decreto municipal de medidas restritivas para conter a cominação da Covid no município alinhado com o que o estado determinou na quinta-feira. A cidade se encontra com a classificação de risco alto e terá a quarentena domiciliar para idosos de 60 anos e grupos de risco, que terão que ficar em casa e só podem circular para se exercitarem ou acesso a atividades essenciais. Se não for nesse intuito devem permanecer em casa.
 
Todas as atividades econômicas tem que obedecer ao uso essencialmente de até 50% da capacidade máxima do local poderão funcionar naqueles horários que constatam em cada atividade não podendo transpor o horário estipulado das 20 horas.

O comércio vai funcionar até às 20 horas de segunda a sexta; no sábado supermercados até às 20 horas, restaurantes poderão funcionar aos sábados e domingos até às 14 horas. São as únicas exceções e aquelas outras que já conhecidas que são tidas como essenciais: farmácia, saúde, hospedagem, imprensa, transporte coletivo, transporte remunerado de passageiros, indústrias de fornecimento de água e energia.

Outra novidade é a Lei Seca Parcial onde o consumo de bebida alcoólica nos locais de venda é proibido. O morador só pode comprar a bebida e levar para casa. Em supermercados só entrada de um membro por família. E conforme determina o Estado, o município acolheu a decisão de fazer escalonamento do horário do comércio, ou seja, agora cada segmento deve observar a sua janela específica que poderão funcionar.

LEIA O DECRETO 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%