26/03/2021 às 12h01min - Atualizada em 26/03/2021 às 12h01min

Barra do Garças discute se implantará quarentena a idosos acima de 60 anos e escalonamento de horário do comercio

Recomendações previstas aos municípios de risco Alto, de idosos em casa e horários de abertura e fechamento das empresas

Araguaia Notícia
Quarentena, idosos acima de 60 anos terão que ficar em casa
O prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves, está reunido nesta sexta-feira (26/3) com a equipe jurídica e da saúde da prefeitura para definir como será o decreto municipal se vai seguir na integralmente as determinações do decreto estadual ou fará alguma flexibilização.

Barra do Garças está no grupo de risco ALTO não terá lockdown, mas terá que implantar quarentena domiciliar para idosos acima de 60 anos e de grupos de risco conforme recomenda o decreto estadual. Outra medida polêmica seria criar um escalonamento do horário do comércio determinando horários diefentes para o fechamento de empresas, algumas fechando mais cedo e outras mais tarde com intuito de evitar aglomerações.

São medidas que constam no decreto estadual, mas a sua regulamentação no município depende de um decreto municipal.

Os municípios que estão no grupo de risco ALTO, é o caso de Barra do Garças, têm que proibir qualquer atividade de lazer ou o evento que cause aglomeração, proibir atendimento presencial em órgãos públicos e concessionárias de serviços públicos e oferecer serviços de canais de atendimento ao público não presencial e adoção de medidas preparatórias para a quarentena obrigatória iniciando o incentivo a quarentena voluntária e outras medidas julgadas adequadas pela autoridade Municipal para evitar a circulação.

Um aspecto destacado pelo comércio é que o horário do comércio foi estendido das 19 para às 20 horas. O serviço de delivery até às 23h59 minutos e de drive-thru até 23 horas.

A prefeitura de Barra do Garças avalia se é possível, neste novo decreto estadual, fazer o mesmo que a cidade de Água que conseguiu junto ao Ministério Público usar o horário de MT em vez do horário de Brasília e com isso ganharia mais uma hora para fechar. Porém essa proposta, a prefeitura, deve consultar o MPE primeiro.

LEIA DECRETO ESTADUAL 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%