24/03/2021 às 16h10min - Atualizada em 24/03/2021 às 16h10min

Governo de MT vai emitir decreto de classificação de risco da Covid dando autonomia a Prefeituras

A medida fará com que cada município analise quais são as medidas corretas a serem tomadas diante do avanço da Covid

Isabela Mercuri e Max Aguiar / Olhar Direto
ARAGUAIA NOTÍCIA
O secretário de Estado de Fazenda Rogério Gallo afirmou que o Governo do Estado deve emitir ainda nesta quarta-feira (24) um novo decreto com a classificação de risco de cada município, e dando autonomia aos prefeitos que decidam sobre as medidas para conter o novo coronavírus (Covid-19). Segundo ele, agora, a melhor política econômica é combater a transmissão do vírus.

“O governador deve anunciar esse decreto a tarde, e aí cada Prefeitura terá autonomia para tomar decisão de acordo com a classificação de risco, lembrando que a gente tem uma situação muito grave que deve ser levada a sério por cada um da população. Não há melhor política econômica hoje do que combater a transmissão do coronavírus e vacinar, e vacina estamos aguardando o desenrolar do Ministério da Saúde pela chegada de novas vacinas e trabalhando também para que façamos aquisições de modo direto”, afirmou o gestor.
 
Na última terça-feira (23), os deputados estaduais rejeitaram o projeto do governador que previa a antecipação de cinco feriados para ter, na prática, dez dias corridos sem expediente no estado. Segundo Gallo, esta medida seria menos impactante do que um lockdown.
 
“Nos preocupa muito mais do que a arrecadação do estado, a sobrevivência das pessoas. Nesse aspecto que tentamos a antecipação dos feriados, que causaria menos impacto. O problema é você fazer o lockdown e na sequencia ainda ter os feriados, por exemplo, de primeiro de maio. Você pararia duas vezes. Então a antecipação de feriado viria nesse sentido, para tentar uma mitigação dos efeitos  de uma paralisação mais radical. Mas esse é um tema que foi superado e vamos colocar um decreto de classificação de risco dando autonomia para que os prefeitos possam avaliar as circunstancias de sua cidade e tomar decisão de acordo com o que está colocado”, completou o secretario.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.4%
1.4%