02/10/2011 às 17h43min - Atualizada em 02/10/2011 às 17h43min

Veículos apodrecem no pátio do Detran em MT

Olhar Direto
Ronaldo Couto

Uma dura constatação foi verificada em Barra do Garças, 503 km de Cuiabá, onde mais de 600 veículos estão se destruindo e alguns apodrecendo no pátio sem cobertura do Detran. São veículos apreendidos por algum tipo de irregularidade e alguns com mais de cinco anos parados que já estão com a lataria comprometida.

O pátio está tão cheio que os veículos apreendidos por último estão sendo colocados em frente ao prédio da Ciretran ou até mesmo na calçada. O diretor da 3ª Ciretran, João Leandro, informou que já solicitou à direção do Detran a locação de um imóvel maior inclusive com um galpão ou cobertura para evitar a destruição dos veículos. “Nós já estamos analisando um terreno maior para atender essa demanda”, completou.

João Leandro informou que há veículos com mais de cinco anos aguardando a realização de leilões já que os ‘donos’ praticamente desistiram dos veículos, alguns se mudaram para outro país ou até mesmo faleceram. Tem carros faltando pneus, vidros quebrados e bancos detonados.

A destruição afeta também as motos. Algumas faltam até bancos. O pátio está cheio e quando chega o período chuvoso acaba se tornando um foco de dengue no setor. A saída seria a realização de leilões. “Tem que haver uma ação conjunta da Justiça e o Detran para fazer esses leilões”, explicou.

O pátio do Detran de Barra do Garças voltou a encher com as últimas apreensões. A Polícia Militar em duas semanas lavrou 200 multas na cidade e vários veículos foram apreendidos e a maioria não teve nem espaço para ser acomodado.

João Leandro disse que alguns proprietários de carros e motos apreendidos recentemente reclamam que o pátio não é coberto e que os seus bens estão danificando. Eles já pediram que o Detran providenciasse um pátio maior e se possível com cobertura.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
4.5%
16.9%
77.3%