23/03/2021 às 09h32min - Atualizada em 23/03/2021 às 09h32min

Ex-presidente e servidora são alvos de operação que apura desvio de R$ 1,4 milhão de empresa de serviços urbanos em MT

Operação cumpre três ordens judiciais, sendo dois mandados de busca e apreensão domiciliar e um de prisão preventiva, nas cidades de Cuiabá e Florianópolis (SC).

G1 MT
ARAGUAIA NOTÍCIA
A Delegacia Especializada de Combate a Corrupção (Deccor) realiza na manhã desta terça-feira (23) a operação 'Chave de Ouro', que apura o desvio de aproximadamente R$ 1,4 milhão dos cofres da Empresa Cuiabana de zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb). Os alvos são o ex-presidente da empresa e uma servidora.

A operação foi deflagrada com objetivo de cumprir três ordens judiciais, sendo dois mandados de busca e apreensão domiciliar e um de prisão preventiva, nas cidades de Cuiabá e Florianópolis (SC).

Os mandados de busca e apreensão e de prisão cumpridos em Florianópolis têm como alvo a servidora que ocupava o cargo de diretora financeira da empresa.

A terceira ordem judicial (de busca e apreensão) foi cumprida em Cuiabá contra o presidente da empresa à época dos fatos.

As investigações iniciaram em dezembro de 2020, após denúncia realizada pela Prefeitura Municipal de Cuiabá junto à Delegacia de Combate a Corrupção para apurar os desvios dos cofres do município.

Durante as buscas foram apreendidos celulares, computadores e documentos que vão auxiliar o trabalho investigativo.

A servidora que teve o mandado de prisão preventiva cumprido em Santa Catarina será ouvida ainda nesta terça-feira por videoconferência.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.5%
1.4%