19/03/2021 às 20h27min - Atualizada em 19/03/2021 às 20h27min

Governo lança site para dar visibilidade a artesãos de Mato Grosso

Na página artesanato.sedec.mt.gov.br será contada a história dos artesãos e haverá contato quem se interessar pelos produtos

Araguaia Notícia
O Dia do Artesão é comemorado nesta sexta-feira (19.03) e, pensando nesses artistas, O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso e Secretaria Adjunta de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor, lança a página Programa do Artesanato Mato-grossense, com o objetivo de contar um pouco da história desses profissionais.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, o site vem trazer visibilidade em um momento delicado da economia mundial. “Os artesãos de Mato Grosso são extremamente talentosos e foram muito prejudicados com a pandemia, pois não há feiras, nem exposições onde possam comercializar seus trabalhos. Por isso, o site busca ser uma plataforma intermediária entre os profissionais e seus clientes”, diz.

“Ser artesão é ser um artista. Uma pessoa com muita sensibilidade, capaz de enxergar e reproduzir algo que a maioria das pessoas não consegue. Então, estas pessoas precisam ser valorizadas e ter o apoio do Governo do Estado para que se tornem profissionais cada vez mais capacitados em seus negócios”, afirma Celso Paulo Banazeski, secretário Adjunto de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor.

De acordo com a coordenadora do Programa de Artesanato, Lourdes Sampaio, a ideia é também não deixar passar em branco a comemoração do Dia do Artesão. “Ano passado, devido à pandemia, acabamos não fazendo um evento. Este ano, como ainda não podemos estar reunidos, tentamos fazer algo diferente e acabamos chegando ao consenso de que seria bom mostrar as pessoas que estão por trás das obras”, comenta.

Em seu lançamento serão contadas as histórias de aproximadamente 15 artesãos, mas a cada semana a página será atualizada com novos vídeos e fotos. Além disso, por meio de uma parceria entre a coordenadoria de Artesanato da Sedec e o Programa do Artesanato Brasil (PAB), artesões terão acessos a um link no Mercado Livre onde poderão comercializar suas obras.

Para Gabriel de Freitas Portão, coordenador de Centros de Atendimento Empresarial (CAEs), esta valorização é importante e haverá novas ações. “A gente vai estimular que o artesão se regularize em um primeiro momento como microempreendedor individual, para que ele passe a obter o financiamento pela Desenvolve – MT e possa agregar mais valor ao seu produto. Além de, é claro, auxilia-los por meio de cursos para gerenciar seu negócio e comercializar suas peças”, explica.

Para acessar a página do Programa do Artesanato Mato-grossense clique aqui

Fonte: Tuani Nunes / Sedec-MT
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.3%