17/03/2021 às 19h35min - Atualizada em 17/03/2021 às 19h35min

Incêndio de "grande" proporção em residência no bairro Pitaluga é contido pelo Corpo de Bombeiros e atrai curiosos

Antônio Borges Neto/Notícia dos Municípios
Araguaia Notícia
Um incêndio que poderia ser de grande proporção, mas foi impedido pelos bombeiros militares,  queimou parcialmente uma residência localizada na Rua Francisco Albuquerque nº 608, no Bairro Pitaluga em Barra do Garças,  nesta tarde de quarta-feira (17).

As chamas começaram por volta das 15.30h com algumas explosões e princípios de fumaça que foram ouvidas pelos vizinhos, que rapidamente acionaram o Corpo de Bombeiros.
De acordo apuramos a casa permanece o dia inteiro fechada pelo fato da arrendatária trabalhar fora e seu esposo ficar mais tempo na fazenda.

Populares que passavam pela rua e vizinhos tiveram que quebrar o portão de entrada e a porta principal da casa para entrarem para tentar apagar as chamas e desconectar o botijão para evitar uma explosão maior.

Entre a fumaça no interior da residência foram encontrados dois Pets de pequeno porte que foram retirados do local, pelo menos dois cômodos e alguns móveis foram literalmente queimados ate a ação dos bombeiros.

A primeira viatura do Corpo de Bombeiros, uma caminhonete, sob o comando do Subtenente Castro, foi a primeira a chegar no local, já a segunda viatura tão esperada que carregava água para esse tipo de eventualidade demorou quase meia hora para chegar no local e atuar sobre as chamas que aumentavam cada vez mais. Não houve feridos ou ocorrência de maior gravidade.

De inicio o oficial do corpo de bombeiros adiantou ao Site Noticia dos Municípios (único no local) que a causa do incêndio poderia ter sido através de um curto circuito na rede de energia elétrica, mas que ainda seria apurado.

Enquanto os bombeiros trabalhavam no local, curiosos descompromissados com a informação correta disputavam espaços procurando o melhor ângulo com seus telefones celulares para fotografar, filmar e jogar nas redes sociais sem nenhuma responsabilidade profissional, desta feita atrapalhando o trabalho da imprensa.
Até o fechamento desta edição, por volta das 16.00h, a proprietária da casa ainda não havia chegado ate o local.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%