17/02/2014 às 08h12min - Atualizada em 17/02/2014 às 08h12min

Nova música de Lucas Lucco estoura na net falando do câncer de mama. Veja aqui o video

Susan Souza / Portal IG
You Tube

Lançado há menos de um mês, o clipe de "Mozão", música do cantor de arrocha e sertanejo Lucas Lucco, de 22 anos, já tem mais de oito milhões de visualizações no YouTube. No roteiro, idealizado por Lucco e Alex Batista, o cantor é mostrado em uma situação delicada: a descoberta e o tratamento do câncer de mama de sua parceira (interpretada pela atriz Tha Lopes).

"A minha ideia inicial foi fazer um clipe colocando o câncer, seja ele qual for, como tema. Com o desdobrar das ideias e pesquisas, preferi falar sobre o câncer de mama, já que eu tenho um público feminino muito grande", diz o cantor mineiro ao iG. A faixa faz parte de “Tá Diferente”, segundo disco de Lucco.

O cantor explica que viu no clipe de "Mozão" uma boa chance para fazer um trabalho social e ajudar seu público feminino. "É uma oportunidade muito legal de alertar para a importância do auto-exame e ajudar a acabar com aquela história de que câncer é sinônimo de morte."

"Momôzin, vamos fazer assim/ Eu cuido de você, você cuida de mim/ Não desisto de você e nem você de mim/ Vamos até o fim", canta em letra apaixonada. Sobre a influência de algum caso real de câncer próximo a Lucas, o cantor explica que a ideia para o clipe veio depois que a letra foi finalizada.

"Eu compus essa música através da imaginação e só depois comecei a pensar nesse roteiro para o clipe. Fiquei muito feliz com a repercussão e recebi várias e várias mensagens de pessoas que passam ou já passaram por situação parecida com essa que retratei. Isso para mim foi o meu maior presente."

Com desfecho otimista, ao final do vídeo algumas mulheres que passaram pelo tratamento contam como lidaram com a doença. "A gente chora, a gente sofre, mas a gente vence", diz Edimara Nascimento Nilo dos Santos em seu depoimento. "Tô aqui, viva, feliz, renovada", conta Cibele Foglia Silva.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%