14/03/2021 às 18h15min - Atualizada em 14/03/2021 às 18h15min

JN mostra pacientes com e sem Covid no mesmo leito em VG

Em nota, prefeitura contestou vídeo que viralizou nas redes

Jornal Nacional
ARAGUAIA NOTÍCIA
No Centro-Oeste do Brasil, pacientes enfrentam UTIs lotadas há quase uma semana. A rotina do Lucas tem sido bem difícil. Os enterros aumentaram 50% em Cuiabá. “Você não tem nem tempo para almoçar, para nada, morrendo gente demais. Desde criança até os adultos, morrendo gente demais”, lamenta Lucas Souza Penha, coveiro.

Mato Grosso está com UTIs lotadas há quase uma semana. Noventa pessoas aguardam leitos.

No pronto-socorro de Várzea Grande, a segunda maior cidade do estado, pacientes sem Covid estão sendo colocados ao lado de pacientes que têm a doença. Uma imagem feita por uma profissional de saúde mostra uma paciente entubada à esquerda, que segundo ela, não tem Covid. A outra mulher está intubada com a doença.

Situação dramática também no estado vizinho, Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, o sistema de saúde opera acima da capacidade de leitos de UTI. Profissionais de saúde estão adaptando leitos no pronto-atendimento e em salas do centro cirúrgico para atender pacientes em estado mais grave. Pela primeira vez há fila para leitos clínicos e de UTI. São 30 pessoas, todas em Campo Grande, de acordo com o último balanço da prefeitura.

A Secretaria de Saúde de Várzea Grande negou que coloque pacientes com e sem Covid no mesmo ambiente. Sobre o caso citado na reportagem, afirmou que a senhora foi encaminhada para a ala Covid por recomendação médica.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%