13/02/2014 às 18h21min - Atualizada em 13/02/2014 às 18h21min

Evento criará nova ONG em Barra do Garças

Assessoria/Konrad Felipe
Assessoria/Konrad Felipe

Acontece no sábado (22/2), a partir das 18 horas, no anfiteatro “Fernando Peres de Farias”, o evento que firmará o acordo de criação da ONG- “R.I.A - Reutilizando, Inovando e Aprendendo". O encontro irá apresentar as propostas de trabalho da ONG, leitura do estatuto e a abertura do espaço para candidatura e eleição de cargos participativos.

Segundo as idealizadoras da ONG, Caroline Penteado, Rubia Campos e Jackellyne Ferrara, os principais objetivos da ONG, são, a preservação ambiental, e o desenvolvimento sustentável do município, inicialização do movimento “Araguaia Mais”, desenvolvimento do ecoturismo na região, e a resolução da problemática do lixo urbano.

Caroline Penteado uma das idealizadoras, falou do surgimento da idéia de criação da ONG, “a partir do momento que eu vi o lixão a céu aberto, fiquei indignada e resolvi dar inicio na criação desta ONG. Precisamos resolver a situação do lixo hospitalar, que está sendo descartado no lixão, famílias vivem daquele lixo, e podem contaminar esses cidadãos, o lixo hospitalar precisa passar pelo processo de incineração, é preciso criar um plano municipal de descarte de resíduo sólido, a prefeitura precisa atender a lei 12.305/2010, que dispõe sobre o plano nacional de descarte de resíduos sólidos, todas as prefeituras tem o prazo até final do ano para ter o plano, o que queremos é contribuir com o setor público criando uma cooperativa de reciclagem e reutilização, para aproveitar 80% do lixo urbano, dando estrutura para estar ajudando a cidade”.

A ONG, “R.I.A -Reutilizando, Inovando e Aprendendo", não tem nenhuma ligação político-partidária, é uma ONG sócio ambiental e cultural, que busca o desenvolvimento sustentável, na que tentativa de auxiliar a problemática do lixo urbano. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%