13/02/2014 às 18h17min - Atualizada em 13/02/2014 às 18h17min

Estudantes do Distrito do Vale dos Sonhos reivindicam ônibus escolar

Assessoria/Konrad Felipe
Assessoria/Konrad Felipe

Na tarde de quarta (12/2), estudantes do Distrito de Vale do Sonhos, procuraram o presidente da Câmara, Miguelão (PSD), em seu gabinete buscando alternativa para o transporte dos estudantes do distrito. Ao todo são 23 alunos que esperam pelo transporte, dos mais diferentes cursos das faculdades particulares de Barra do Garças.

Durante essas duas últimas semanas, os estudantes do distrito, estão reivindicando da prefeitura municipal, um ônibus que possa levar os estudantes para as faculdades. A prefeitura informou que não poderá ajudar, porque o MEC (Ministério da Educação) não tem leis que beneficiem estudantes do ensino superior particular, apenas do ensino público.

“São 23 alunos que precisam do transporte, quando o prefeito foi pedir voto na campanha, ele prometeu o transporte, no governo Chaparral tinha transporte, no governo passado não tinha. O prefeito Roberto Farias, disponibilizou o transporte em 2013 com muita luta depois de dois meses, em abril do ano passado disponibilizou uma Kombi, que conseguimos com muita luta e com ajuda do Miguelão”, colocou Amanda Gouveia, representante dos estudantes.

O presidente da Câmara Miguelão (PSD), disse que está buscando junto ao prefeito e a secretária de educação, alternativas para conseguir o transporte para os alunos do distrito. “O MEC tem leis que não permitem o transporte de alunos das faculdades privadas, ele entende que quem tem condições de estudar em faculdade privada, tem condições de arcar com o transporte. Mas para tentar resolver esse problema, marcamos uma reunião com o prefeito e a secretária de educação Fátima, para expor alternativas para estar agilizando o transporte dos estudantes do Vale dos Sonhos”.
O distrito do Vale do Sonhos , fica a 50 Km do centro de Barra do Garças, o distrito conta com um ônibus que sai as 7 da manhã e retorna as 16 horas, com o custo de 14 reais, além de contar com transporte gratuito pela manhã para os estudantes do ensino público. A alternativa para os estudantes seria os ônibus de viagens, que segundo os estudantes não tem hora certa para passar no terminal do distrito, impossibilitando os estudantes de confiarem e fazerem compromisso com o horário do transporte.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.5%
1.4%