10/03/2021 às 21h59min - Atualizada em 10/03/2021 às 21h59min

Polícia Civil de Barra do Garças prende acusado de matar casal no Distrito Federal

Caso de repercussão nacional pois as vítimas foram executadas de forma fria e cruel. A polícia descobriu que o suspeito estava escondido em Barra do Garças

Araguaia Notícia
As vítimas deste duplo homicídio em setembro de 2020


Após informação da Polícia Civil de Brasília-DF, dando conta de que um foragido da justiça do Distrito Federal estaria escondido na cidade de Barra do Garças-MT. Uma equipe de investigação da 1ª Delegacia de Polícia (DP) de Barra do Garças realizou diversas diligências que resultaram, na tarde de quarta-feira (10/3), na localização e prisão do "procurado" pela Justiça.
 
Esse foragido que foi preso em Barra do Garças é acusado de envolvimento no homicídio do casal Wellington Pereira, de 21 anos, e da esposa dele, Crislaine Sousa, de 19 anos, cujos corpos foram encontrados às margens da rodovia DF-205 no dia 27/09/20 na cidade de Planaltina-DF.

A ordem de prisão decorre da apuração de crime de duplo homicídio triplamente qualificado, (art. 121, §2º, I, III e IV do Código Penal), em que um casal foi "executado" a tiros, no Distrito Federal, próximo à cidade de Planaltina, em setembro de 2020.

A prisão do foragido foi possível graças ao trabalho da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Barra do Garças coordenada pelos delegados Adriano Marcos Alencar e Pablo Borges Rigor, que seguindo as diretrizes do delegado regional Wilyney Santana Borges, demonstrou a eficiência da Polícia Civil de Mato Grosso. "São investigadores e escrivães comprometidos com a missão institucional de assegurar a ordem pública, mediante investigação policial de qualidade, na busca da apuração e repressão de ilícitos penais", completou o delegado regional.
  
Segundo o noticiado há época, os corpos estavam cada um com uma marca de disparo. O da mulher estava com um tiro nas costas e o do homem com um tiro na nuca. Havia no local cápsulas de pistola calibre .40.
 
O crime

De acordo com a ocorrência, registrada na 16ª Delegacia de Planaltina, a mulher que encontrou os corpos ligou para o número 190. Uma equipe da Polícia Militar de Goiás (PMGO) se deslocou para a região, que fica próximo ao Entorno do DF.

A Polícia Civil do Distrito federal foi chamada e recolheu o material que havia no local para perícia. Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido preso.

Fonte: Polícia Civil de Barra do Garças/MT


 
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.5%
1.4%