02/03/2021 às 12h05min - Atualizada em 02/03/2021 às 12h05min

Jovem, que morou em Barra do Garças, desaparece após carro quebrar em rodovia

Rafaella no passado morou na Barra e hoje tem uma loja online em Cuiabá. Ela desapareceu quando retornava de viagem a Manaus-AM

Vitória Lopes / Gazeta Digital
ARAGUAIA NOTÍCIA


Familiares da comerciante Rafaella Mattos Nascimento Lopes, 23, estão desesperados em buscas de notícias pelo seu paradeiro. Rafaella já morou em Barra do Garças e no dia 22/2 retornava de uma viagem a Manaus (AM) para Cuiabá, quando o carro dela quebrou no meio da estrada. Desde então, ela não deu mais retorno à família e amigos.


Segundo a irmã de Rafaella, Raquel Mattos Nascimento Lopes, ela viajou para Manaus em dezembro, para passar o final do ano. Alguns problemas da pandemia apareceram e adiaram a sua vinda para Cuiabá, no entanto, no dia 21 de fevereiro, ela disse que estava retornando.

A comerciante viajava com um amigo, quando em Humaitá (AM), a 1.174 km de Cuiabá, o Gol branco que ela dirigia quebrou. Rafaella parou em um posto e falou com o pai, dizendo que o veículo tinha parado de funcionar. Porém, ela nunca mais deu notícias.

“Quando ela conseguiu voltar, o carro quebrou em Humaitá. Minhã mãe está na cidade, foi no posto em que ela parou e hoje já está na delegacia local”, relata a irmã.

Há uma semana desaparecida, Raquel fala que a família já fez de tudo para procurá-la. Inclusive, a família do amigo que viajava com Rafaella também disse que ele não entrou mais em contato.

“Nós estamos muito nervosos. Tentamos de tudo, Facebook, Instagram... Até falei com a família do rapaz, que disseram que ele também não mandou notícias. Minha mãe está muito nervosa, não aguentou esperar e foi até a cidade”, lamenta Raquel.

Rafaella tem uma filha pequena e uma loja on-line em Cuiabá. Quem tiver informações sobre o paradeiro da jovem pode entrar em contato pelo telefone da irmã (65) 99230-1520, ou pelo Núcleo de Desaparecidos da Polícia Civil (65) 3901-4823 e (65) 99982-7766.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%