02/03/2021 às 06h44min - Atualizada em 02/03/2021 às 06h44min

Mulher acusada de roubo é presa com moto utilizada nos crimes em Barra do Garças

Araguaia Notícia


Na madrugada de terça-feira (2/3), após tomar conhecimento de um roubo ocorrido no bairro Piracema, onde dois indivíduos, armados, em uma moto, levaram um celular, uma equipe da Força Tática da Polícia Militar logrou êxito em localizar o veículo e um dos possíveis suspeitos do crime.

O roubo ocorreu por volta das 00:20h, no bairro Piracema, em Barra do Garças-MT (509km de Cuiabá). As vítimas narram que teriam saído do trabalho, em um supermercado próximo, quando pararam na frente da residência de um deles para conversar. Em certo momento aproximou-se uma motocicleta com duas pessoas sendo que uma delas, com arma em punho, passou a ameaçá-los e pedir para passarem o celular.

Ao tomar conhecimento da placa do veículo usado na ação, os policiais conseguiram o endereço da residência do proprietário, onde o mesmo foi localizado. Ao ser questionado sobre a localização da moto, o homem informou ter emprestado para uma mulher, com quem ele teria uma relação amorosa.

Por volta das 3:15h da manhã, a Força Tática achou o veículo e a mulher que o conduzia. Em checagem via Copom (Central de Operações Policiais Militares), constou que a suspeita já possuí passagens pelo crime de roubo.

Diante dos fatos, a mulher foi presa e encaminhada à Delegacia de Polícia para as providências que o caso requer.

DENÚNCIE 

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar, sem precisar se identificar, por meio do 190 ou disque-denúncia 0800.65.3939. Nesses números, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto, ponto de venda de drogas ou produtos roubados/furtados em posse de suspeitos.



Fonte: PM DE BARRA DO GARÇAS-MT

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.4%
24.3%
1.4%