01/03/2021 às 20h42min - Atualizada em 01/03/2021 às 20h42min

Homem é preso após ameaçar e estuprar menores em MT

Vítimas denunciaram o abuso à Polícia Militar; o suspeito foi detido nesta segunda (1º)

Midia News
Araguaia Notícia
Um homem de 46 anos foi preso nesta segunda-feira (1º) após ser denunciado por embebedar, estuprar e ameaçar menores, em Peixoto de Azevedo (a 675 km de Cuiabá).

Conforme informações da Polícia Militar, uma mulher foi quem ligou para o 22º Batalhão e denunciou o estupro.

Segundo a vítima, ela e mais duas adolescentes estavam na casa do suspeito, onde consumiram bebidas alcóolicas.

Pouco depois, a mulher relatou que as três foram ameaçadas e forçadas a tirarem as roupas e terem relação sexual com o suspeito. De acordo com a PM, a vítima apresentava marcas de agressão pelo corpo.

Mais tarde, as outras vítimas também denunciaram o caso. Elas relataram a mesma história da primeira mulher.

Além disso, acrescentaram que o suspeito usou uma arma apontada na cabeça das vítimas para ameaçar e forçá-las a terem relações sexuais com ele.

Assustada, uma das vítimas contou que arremessou uma garrafa de vidro na cabeça do suspeito e fugiu com a amiga. 

O Conselho Tutelar foi acionado para prestar apoio às duas menores de idade.

Após a denúncia, o homem foi procurado em sua residência, mas não foi encontrado.

Mais tarde ele foi pego fugindo em um automóvel. No veículo dele, os policiais apreenderam uma arma de fogo falsa. 

Já na delegacia o suspeito disso que foi dopado, já que se lembra apenas de ter sido agredido com uma  garrafa de vidro no rosto.

Ele chegou a ser atendido em um hospital antes de ser preso, porém contou que foi vítima de um homem e uma mulher que haviam entrado em sua casa, lhe agredido e depois fugido.

O caso foi registrado pela PM e o homem acabou sendo autuado por aliciar, assediar, ameaçar e oferecer bebida alcoólica a menores de idade.

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%