27/02/2021 às 11h27min - Atualizada em 27/02/2021 às 11h27min

Após prorrogar IPVA, Mauro Mendes adia prazo para licenciamento de veículos em MT VEJA VÍDEO

Araguaia Notícia


O governador Mauro Mendes e o presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Gustavo Vasconcelos, anunciaram a nova prorrogação do calendário de pagamento do licenciamento anual de veículos em Mato Grosso

O anúncio foi realizado na manhã desta sexta-feira (26.02) e a portaria consta no Diário Oficial. Desta forma, para o ano de 2021, o licenciamento ficará com os seguintes vencimentos: placas finais 1, 2, 3 e 4 o pagamento deverá ser em julho; finais 5, 6 e 7 vencerá em agosto; placas finais 8 e 9 o vencimento será em setembro e placa final 0, o pagamento será em outubro.

Ainda nesta semana, o governador também prorrogou o prazo de vencimento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), que ficou para o segundo semestre.

“Essa é mais uma boa notícia do Governo do Estado diante as dificuldades financeiras que muitas pessoas estão passando em razão da pandemia do novo coronavírus. Já havíamos divulgado o novo calendário de pagamento do IPVA e agora estamos prorrogando também o licenciamento”, destacou o governador Mauro Mendes.

De acordo com o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos, a medida vai ajudar muitos proprietários de veículos que terão um fôlego a mais para manter a documentação do veículo em dia.



Como pagar:

A taxa do Licenciamento Anual do veículo pode ser emitida através do site do Detran-MT (www.detran.mt.gov.br) na opção “Consulte Seu Veículo”.

Após o pagamento da taxa, o cidadão deve imprimir o Licenciamento, em formato de papel A4, através do próprio site do Detran ou pelo aplicativo MT Cidadão.

A nova versão do documento é de caráter definitivo, não sendo mais emitido no Detran-MT o licenciamento em papel moeda, antigo “verdinho”.

O documento em papel A4 possui o mesmo valor jurídico do antigo com autenticidade e segurança garantidos por meio de QR Code, que está ligado à base nacional de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Vale lembrar que o veículo só estará licenciado após o pagamento de todos os débitos como IPVA, Seguro DPVAT, a própria taxa de Licenciamento, além de possíveis multas. (Ascom)
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.5%
23.9%
1.6%