26/02/2021 às 23h27min - Atualizada em 26/02/2021 às 23h27min

AMM pede para adiar eleição suplementar em Torixoréu

Araguaia Notícia


A Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) solicitou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) o adiamento da eleição para prefeito em Torixoréu (560 km ao sul de Cuiabá), prevista para 11 de abril. Segundo a AMM, com o novo aumento de casos de covid-19, realizar uma eleição poderá aumentar a transmissão do vírus não só na cidade, como nos municípios da região.

"A curva de contágio e de óbitos, que parecia ter chegado ao seu pico e estar entrando em uma zona de controle, tem subido rapidamente nas últimas semanas e o controle efetivo da doença, mesmo com as iniciativas da vacinação parece estar longe do fim do país, infelizmente", diz trecho do documento encaminhado ao TRE.

Torixoréu passará por uma nova eleição após a candidata eleita em 2020 ter tido sua candidatura barrada pelo TRE. Inês Mesquita (PP) foi reeleita, mas, por ser, na época, casada com o prefeito anterior, Odoni Mesquita (PSB), foi barrada porque uma mesma família não pode ter mais de dois mandatos seguidos.

A sugestão da AMM é que a eleição de Torixoréu seja realizada na mesma data que a de Acorizal (62 km ao norte), município que vive situação semelhante e ainda não teve data do pleito definida, o que "traria economia de custos e de servidores à disposição para apuração em uma data única".

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.4%
24.0%
1.6%