20/02/2021 às 22h47min - Atualizada em 20/02/2021 às 22h47min

Após repercussão negativa, Governo de Goiás envia rabecão de IML para Aragarças VEJA VÍDEOS

Na quinta-feira, uma vítima de acidente ficou quase 4 horas numa avenida aguardando IML de Iporá, já que o de Aragarças tinha sido desativado pelo governo estadual

Araguaia Notícia
Após a repercussão negativa em Goiás de que Aragarças-GO teve o seu Instituto Médico Legal (IML) desativado pelo governo estadual e que um corpo ficou quase 4 horas numa avenida aguardando deslocamento de uma equipe de outra cidade, de Iporá-GO, a coordenação estadual do IML decidiu voltar atrás e mandou uma viatura rabecão para cidade aragarcense.

O veículo já está em Aragarças com autorização para contratar rapidamente uma equipe de trabalho. Essa decisão foi tomada após a repercussão negativa do que aconteceu na quinta-feira (18/2) quando um homem de 46 anos perdeu a vida na avenida Ministro João Alberto num acidente envolvendo moto e carreta.

O acidente foi por volta das 17 horas, mas a equipe do IML de Iporá chegou somente às 21 horas e 3 minutos. E depois o corpo foi levado para Iporá para necropsia e a família teve que pagar a despesa para trazer o corpo de volta para Barra do Garças (cidade vizinha de Aragarças) e chegou para familiar velar por volta das 5 horas e 30 minutos de sexta-feira.

A vítima do acidente ficou exposta por quase quatro horas no local e na oportunidade o site Araguaia Notícia acompanhou a indignação da comunidade e também da família. O portal de notícias fez três lives no local que alcançaram cerca de 170 mil visualizações e nas três ocasiões tendo mais de 1.100 pessoas acompanhamento simultaneamente a transmissão.

Durante as lives foi questionada a decisão de fechar o IML de Aragarças pedindo que o governador Ronaldo Caiado revisse essa situação já que forma desativados IML e Polícia Técnica de Aragarças alegando que havia pouca demanda para manter esse serviço em atividade no município goiano de 20 mil habitantes.

Na sexta-feira, de manhã, o prefeito Ricardo Galvão recebeu uma ligação da regional do IML que recuou e informou que liberada uma viatura rabecão e a possibilidade de montar novamente uma equipe na cidade. Foi um passo importante e que pode mudar essa situação no futuro.

Fica aqui também uma sugestão do Araguaia Notícia para o governador Ronaldo Caiado se é caro manter uma equipe do IML/Polícia Técnica em Aragarças porque não fazer um convênio e contratar esse serviço quando for necessário de Mato Grosso através da regional de Barra do Garças-MT.

Acompanhe logo abaixo a entrevista do prefeito Ricardo Galvão ao site Araguaia Notícia falando sobre a viatura rebecão enviada pela regional para reinstalar o IML em Aragarças. E mais abaixo as lives que registraram a demora de 4 horas para retirar o corpo do local. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »