07/02/2014 às 18h34min - Atualizada em 07/02/2014 às 18h34min

Registros da PM mostram violência no trânsito

Agencia da Noticia
Agência da Notícia

Com três mortes registradas neste ano, o trânsito de Confresa segue violento. Os números registrados pela polícia militar ao longo de 2013 mostram que dirigir nas ruas de Confresa foi um risco para os motoristas.

Ao todo foram 30 colisões e 50 abalroamento, somando 80 registros ao todo. Média de seis acidentes por mês, mais de um por semana. A quantidade de feridos e mortes não foram divulgados. A PM diz ainda que o número deve ser ainda maior, uma vez que muitas vezes os envolvidos optam por não registrarem os boletins de ocorrência, entrando em acordo entre as partes.

Por outro lado, a Polícia Militar deteve ao longo do ano passado, 85 pessoas dirigindo sem habilitação, média de sete por mês, na grande maioria conduzindo motocicletas. O que para o Major Castelo, comandante do Batalhão de Confresa, segue como um dos principais problemas do trânsito local.

Dirigir sem habilitação é o crime mais cometido em Confresa, segundo os dados da Polícia Militar, seguido por lesões corporais e furtos a residências.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.3%
1.4%