07/02/2014 às 18h32min - Atualizada em 07/02/2014 às 18h32min

Detentos da Cadeia Pública vão fabricar fraldas para APAE

Agencia da Noticia
Comunicação Imparcial

Cerca de 50 detentos irão participar de dois projetos destinados a Cadeia Pública de Canarana, o intuito dos projetos sociais é integrar os reeducandos à sociedade.

De acordo com informações repassadas ao Site Agência da Notícia, os detentos irão fazer fraudas descartáveis, produtos de higiene, limpeza e uma lavanderia para o uso dos próprios detentos.

Este projeto com a fabricação de fraudas é para atender segundo o diretor, a APAE de Canarana.

“A intenção principal da direção do presidio é reintegrar essas pessoas que no passado erram e hoje pagam pelos se atos cometidos” disse o diretor da unidade prisional Charles Jeremy Almeida.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.3%