16/02/2021 às 07h37min - Atualizada em 16/02/2021 às 07h37min

Mensagens no facebook de casal assassinado em Barra do Garças podem ter sido postadas por assassinos

A polícia investiga essa hipótese porque as mensagens anunciavam o velório das vítimas antes mesmo dos corpos serem encontrados pela polícia

Araguaia Notícia
A Polícia Civil de Barra do Garças abriu inquérito para apurar o brutal assassinado de um casal cujos corpos foram encontrados em estado de decomposição na segunda-feira dia 15/2 num matagal no km 24 da Br 070.

As vítimas Marília Eduarda, de 19 anos, que morava no bairro Palmares em Barra do Garças e estava sumida desde o dia 9/2 e o namorado dela, Marcos Melo, de 20 anos, que era de Primavera do Leste e estava com tornozeleira rompida. Eles foram assassinados com disparos na cabeça provavelmente em outro lugar e os corpos foram deixados no matagal. 

A perícia acredita que o crime tenha ocorrido entre os dias 8 e 9 de fevereiro. E o que intriga, a investigação a partir de agora, é que no dia 8/2 no facebook do casal apareram mensagens já anunciando o velório e com declarações de amor entre ambos:

Gente infelizmente não adianta manda mais mensagem...
Quando ele tava vivo ninguém ligava então não vem paga de simpatia na hora do sofrimento ok...
Meu luto será eterno meu sofrimento será eterno assim como meu amor será eterno...
Descanse em paz meu amor...
Marcos Melo
 
Já outra mensagem aparece anunciando o local de velório: “Família pros amigos e familiares que querem comparecer o velório tá sendo na casa dos padrinhos dele aqui em Iporá GO... 
O enterro será amanhã às 10horas da manhã
Agradeço pelas mensagens de conforto de todos 
Descanse em paz meu amor 
Eduarda 
 
As mensagens no Facebook podem ter sido postadas pelos assassinos após cometimento do crime. A polícia investiga se o casal foi executado a mando de alguma facção criminosa. Esse caso será acompanhado pela 2ª DP de Barra do Garças coordenada pelo delegado Antônio Moura. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »