04/02/2014 às 17h22min - Atualizada em 04/02/2014 às 17h22min

Fim de semana termina com seis mortos no trânsito

Agencia da Noticia com Midia News
Agencia da Noticia

A Grande Cuiabá registrou seis mortes no trânsito neste final de semana. A maioria das vítimas já estava internada em hospitais e prontos socorros da Capital e de Várzea Grande.

Entre os mortos está o jovem Jean Francisco de Araújo, de 22 anos, que pilotava uma motocicleta e perdeu o controle do veiculo após passar por um quebra-molas na rodovia dos Imigrantes, em Várzea Grande.

Araújo levava uma garota na garupa. A jovem está internada em estado grave no Pronto-Socorro de Várzea Grande. O acidente ocorreu neste domingo por volta das 21 horas.

Segundo o relato de testemunhas, havia um comboio de nove motociclistas seguindo pela rodovia e - em dado momento - ao passar por um quebra-molas, o jovem perdeu o controle da moto e foi arremessado na pista junto com a passageira.

Feridos, os dois foram levados ao Pronto-Socorro e ele morreu horas depois.

Ainda em Várzea Grande, o bebê V., de 1 ano, morreu atropelado quando estava na Rua da Colina, no bairro 23 de Setembro. Um amigo do pai da criança parou a picape para conversar e, na saída, não viu o bebê e acabou atropelando-o. No acidente, o bebê teve a cabeça esmagada, deixando o pai e o amigo em estado de choque.

No bairro São João Del Rey, o jovem Rafael Aquino da Silva, de 25, morreu após colidir a motocicleta que pilotava com uma árvore. O acidente ocorreu na Avenida Principal do bairro. O jovem morreu no local.

Os policiais registraram também dois casos de vítimas de acidentes ocorridos em dias anteriores. As duas pessoas estavam internadas em hospitais e prontos socorros da Grande Cuiabá em estado grave.

No domingo de manhã, Erick Vicente de Moraes, de 38 anos, morreu após uma colisão entre dois Gols próximo ao Trevo do Lagarto. A pancada foi tão violenta que os dois veículos tiveram a frente destruída.

Todos os seis acidentes estão sendo investigados pela Delegacia de Delitos de Trânsito da Capital. Os inquérito estão sob a responsabilidade do delegado Cristian Cabral colocou varias equipes nos casos. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%