Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
10/02/2021 às 10h52min - Atualizada em 10/02/2021 às 10h52min

Vídeo mostra quando suspeito de queimar esposa durante briga por ciúmes a deixa em UPA e foge

Homem está preso e diz que ferimentos aconteceram por acidente durante briga, em Pontalina. Mulher morreu após ficar oito dias internada.

G1 GO
Araguaia Notícia
O vídeo de uma unidade de saúde de Pontalina, no sul de Goiás, mostra quando o homem suspeito de queimar a esposa durante uma briga a leva para receber atendimento. A mulher morreu após oito dias internadas. O homem está preso e diz que ferimentos aconteceram por acidente durante uma discussão por ciúmes.

O homem não teve a identidade divulgada e, por isso, o G1 não conseguiu localizar a defesa dele.

Nas imagens, Adriana Romão de Freitas, de 43 anos, chega à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no dia 31 de janeiro em um carro com o marido. Ela desce e vai andando ao lado do suspeito até a recepção da unidade, onde se senta em um banco aguardando atendimento.

“Na ocasião, ela foi acompanhada por um homem, que também estava apresentava ferimentos, mas recusou atendimentos e fugiu do local em seguida. As investigações começaram de imediato e ficou demonstrado que o autor das lesões teria sido o próprio acompanhante, o qual possui um relacionamento com a vítima”, disse o delegado Pedro Democh.

Adriana recebeu atendimento na unidade, mas devido à gravidade das queimaduras, foi transferia para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). Ela teve 35% do corpo queimado e morreu na segunda-feira (8).

O suspeito fugiu após deixar a mulher na unidade. Ele foi preso ao se apresentar à Polícia Civil na quinta-feira (5).


 

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »