Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
Araguaia Notícia  Publicidade 728x90
04/02/2021 às 08h18min - Atualizada em 04/02/2021 às 08h18min

Piloto de Barra do Garças morre devido a complicações da Covid

Como havia se curado, Bosquinho será velado na sede da Maçonaria em Pontal do Araguaia

Araguaia Notícia


O piloto João Bosco Rezende Coelho, de 69 anos, faleceu na manhã de quinta-feira (4/2) no hospital São Francisco na cidade de Goiânia. Ele tinha se curado da Covid, mas acabou falecendo devido as complicações desta enfermidade que o deixara por mais de quinze dias na UTI.

Bosquinho como era conhecido começou a sentir os sintomas da Covid no final do ano passado e em janeiro foi para Goiânia onde começou o tratamento, porém a enfermidade foi avançando e ele foi internado e na sequência encaminhado a UTI. Os médicos informaram que ela já tinha se curado da Covid, porém a doença foi o start que abalou a saúde do piloto causando-lhe a morte.

Considerado um dos melhores pilotos da região do Vale do Araguaia, Bosquinho sempre foi bastante acionado por empresários, fazendeiros e políticos que queriam fazer voos na região. A morte dele foi confirmada a reportagem do site Araguaia Notícia pelo secretário de urbanismo de Barra do Garças, Rodrigo Ragiotto. “Bosquinho já era um integrante da família e todos nós estamos bastante abalados”, destacou Ragiotto.

O piloto tinha mais de quarenta anos de aviação e trabalhou no passado com o deputado federal Ladislau Cristino Cortes, ex-prefeito de Barra do Garças Wanderlei Faras, ex-prefeito de Água BoaMaurício Tonhá, senador Welington Fagundes e ultimamente atuva com o empresário Zeca Santos, do Auto Posto Dracenão.

Natural da cidade de Torixoréu, Bosquinho deixa a esposa Maria Lucia, os filhos Luciana, Lorena e Diego; e dois netos. Ficam aqui as condolências do repórter Ronaldo Couto e toda a equipe do site Araguaia Notícia. “Tive a oportunidade de conviver com o Bosquinho e fiz várias viagens com ele no passado. E tinha admiração e respeito pela sua competência e a forma cordial de tratar as pessoas. Descanse em paz, amigo Bosquinho piloto”, destacou Ronaldo Couto.

A família confirmou que o corpo do piloto será velado na sede da Maçonaria em Pontal do Araguaia e o velório deve começar na tarde desta quinta-feira dia 4/2. 



Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI)
Notícias Relacionadas »
Comentários »